Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/05/2005 07:47

Partido Verde deixa base aliada do governo

Iolando Lourenço/Campo Grande News

A bancada do Partido Verde na Câmara dos Deputados, composta de sete parlamentares, deixou hoje a base aliada do governo, para se tornar independente. Em entrevista coletiva, onde estavam os sete deputados do partido, o líder Marcelo Ortiz (SP) anunciou que o partido está deixando a base aliada para se colocar numa posição de independência em relação ao governo federal, votando a favor das matérias que julgar de interesse do país.

"Depois de 28 meses de colaboração com o governo, à espera de que fossem cumpridos os compromissos programáticos no campo sócio-ambiental, a bancada do PV decidiu hoje
retirar-se da base de apoio ao presidente Lula", informou o líder.

Os deputados do PV criticam a política do governo para o meio ambiente em vários aspectos. Em nota oficial, a bancada diz que, "desde a importação de pneus usados, passando pela legalização dos transgênicos e o projeto de transposição do São Francisco, política industrial equivocada no Pantanal, culminando agora com o desmatamento da Amazônia de 26.130 quilômetros quadrados, o governo Lula, desprezando a colaboração da ministra Marina Silva, representa um retrocesso na política ambiental brasileira".

Os parlamentares também citaram as políticas indigenista e nuclear do governo entre os fatores que contribuiram para que a bancada saísse da base aliada e se tornasse independente. "A morte por desnutrição de 38 crianças guaranis-kaiowás em Dourados (MS) revelou dramaticamente a ausência de uma política indigenista, assim como os projetos para a construção de mais uma usina nuclear são fatores que também nos impulsionaram para essa tomada de posição", afirmou Marcelo Ortiz.

O deputado Fernando Gabeira (PV-RJ) disse que permanecer na base governista era uma situação que incomodava e era insustentável em função da política ambiental. "Queremos colocar o partido em sintonia com os anseios da sociedade. Apoiamos a CPMI dos Correios", afirmou Gabeira. Segundo ele, o PV apóia e participa do esforço de recuperação da imagem do Congresso Nacional e vai orientar sua ação parlamentar na crítica a uma política ambiental desastrosa e se identificar com as aspirações legítimas da sociedade por um caminho de renovação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)