Cassilândia, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

20/05/2005 07:47

Partido Verde deixa base aliada do governo

Iolando Lourenço/Campo Grande News

A bancada do Partido Verde na Câmara dos Deputados, composta de sete parlamentares, deixou hoje a base aliada do governo, para se tornar independente. Em entrevista coletiva, onde estavam os sete deputados do partido, o líder Marcelo Ortiz (SP) anunciou que o partido está deixando a base aliada para se colocar numa posição de independência em relação ao governo federal, votando a favor das matérias que julgar de interesse do país.

"Depois de 28 meses de colaboração com o governo, à espera de que fossem cumpridos os compromissos programáticos no campo sócio-ambiental, a bancada do PV decidiu hoje
retirar-se da base de apoio ao presidente Lula", informou o líder.

Os deputados do PV criticam a política do governo para o meio ambiente em vários aspectos. Em nota oficial, a bancada diz que, "desde a importação de pneus usados, passando pela legalização dos transgênicos e o projeto de transposição do São Francisco, política industrial equivocada no Pantanal, culminando agora com o desmatamento da Amazônia de 26.130 quilômetros quadrados, o governo Lula, desprezando a colaboração da ministra Marina Silva, representa um retrocesso na política ambiental brasileira".

Os parlamentares também citaram as políticas indigenista e nuclear do governo entre os fatores que contribuiram para que a bancada saísse da base aliada e se tornasse independente. "A morte por desnutrição de 38 crianças guaranis-kaiowás em Dourados (MS) revelou dramaticamente a ausência de uma política indigenista, assim como os projetos para a construção de mais uma usina nuclear são fatores que também nos impulsionaram para essa tomada de posição", afirmou Marcelo Ortiz.

O deputado Fernando Gabeira (PV-RJ) disse que permanecer na base governista era uma situação que incomodava e era insustentável em função da política ambiental. "Queremos colocar o partido em sintonia com os anseios da sociedade. Apoiamos a CPMI dos Correios", afirmou Gabeira. Segundo ele, o PV apóia e participa do esforço de recuperação da imagem do Congresso Nacional e vai orientar sua ação parlamentar na crítica a uma política ambiental desastrosa e se identificar com as aspirações legítimas da sociedade por um caminho de renovação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 24 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 23 de Janeiro de 2017
20:53
Loteria
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)