Cassilândia, Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

19/03/2016 18:00

Padre Antonio Maurilio escreve sobre São José

Padre Antonio Maurilio

Como São José, recebamos Maria em nossa casa
• José: significa acrescente, descendente de Davi, homem justo.
• Por ser muito justo tentou fugir para não repudiar Maria publicamente.
• José foi muito feliz, porque recebeu Maria. Não tenha medo de recebê-la, porque, assim como José, seremos cobertos de bênçãos do Céu.
• “José, Filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo” (Mateus 1,20).
• A Igreja nos dá a graça e a permissão de interromper a Liturgia Quaresmal para que, neste dia, celebremos e exaltemos com louvores do Senhor Nosso Deus, São José, o esposo da Virgem Maria, o pai adotivo de Jesus, patrono da Igreja Universal, modelo de esposo e trabalhador. São José, o justo, o homem de Deus!
• Nós podemos exaltar tantas virtudes de José, tantas coisas que ele viveu para colaborar com o plano de Deus.
• Nós, muitas vezes, exaltamos a figura da Virgem Maria e sabemos que, de fato, ela teve um papel singular na história da salvação, mas esse papel não seria completo se não houvesse, ao seu lado, o homem José, que foi justo, correto e muito coerente. Quando não compreendia, fazia questão de manifestar a sua não compreensão, mas nunca a revolta com aquilo que não compreendia.
• São José era dócil à inspiração divina e à ação do Espírito. Quando resolveu abandonar a Virgem Maria secretamente, não foi por desprezo ou desconfiança a ela, mas por entender que Deus tinha um plano superior para ela, o qual ele não era capaz de compreender.
• Deus falou a José por meio de um sonho. Não que José fosse um sonhador, mas era sensível à graça do Senhor.
• E quando o homem e a mulher são sensíveis à graça, Ele usa de diversos artefatos para poder lhes falar ao coração. Fala pela Palavra, pelas obras, por intermédio de pessoas, através de sonhos, orações e inspirações, pela dor e pelo cansaço.
• A sensibilidade às coisas divinas são capazes de interpretar as manifestações amorosas de Deus.
• Mesmo sem entender, José não fechou seu coração para compreender o que Deus queria dele. Sacrificou seus sonhos, planos e projetos, porque sabia que o projeto primordial era o do Pai.
• Quando o anjo lhe diz: “José, não tenhas medo de receber Maria”, ele [José] não queria contrariar os desígnios de Deus.
• Por isso, sem medo, sem receio, recebeu Maria em sua casa, por ordem divina, por inspiração e submissão à vontade de Deus a recebeu em sua casa.
• Quando José recebe Maria, não recebe apenas sua noiva, mas a Maria que está grávida de Jesus, que está plena do Espírito Santo, a Maria filha única do Pai.
• Feliz foi José, homem santo de Deus, que recebeu Maria em sua vida, a bênção de Deus de forma mais plena.
• Feliz é todo aquele, aquela que como José, recebe Maria em sua vida. Ela vem repleta de Deus, plena daquilo que o Pai realizou nela. Maria traz até nós o Espírito Santo e faz de nós servos do Pai.
• José foi muito feliz, porque recebeu a Mãe de Jesus. Não tenha medo de recebê-la, porque, assim como José, seremos cobertos de bênçãos do Céu.
• Segundo a tradição São José faleceu enquanto ainda moravam em Nazaré da Galiléia, ele é venerado como patrono da boa morte.
• Pio XII e declarou patrono o modelo dos trabalhadores.
• Em 2013 o Papa Francisco inseriu o nome dele, esposo de Maria, em todas as orações eucarísticas.
• Conforme a primeira leitura 2Sm 7ss.> Será confirmado sua realeza, ele construirá casa para meu nome, e eu firmarei para sempre a sua realeza, Eu serei para ele um pai, e ele será para mim um filho.
• O Salmo 88: “Eis que sua descendência durará eternamente”.
• A segunda leitura, Rm 4,17> “Eu fiz de ti pai de todos os povos”. Ele é Pai de Deus, porque acreditou em Deus os mortos e faz existir o que antes não existia. Tornou-se pai de muitos povos, assim será sua posteridade.
• Em Mt1,16ss> Em sua pequenez, São José foi excepcionalmente grande. Antes de começar a viver com Maria, ficou grávida. Antes de se tornar seu marido, desconfiou que ela tivesse outro marido. Podia exigir o cumprimento da lei apedrejando-a em praça pública, mas decide abandoná-la: faz-se culpado para que ela pudesse ser preservada de qualquer acusação. Assume um filho que não é seu, confiando ser o filho de Deus. Um homem assim só pode mesmo ser chamado de justo! E seu filho adotivo é realmente o filho de Deus para a salvação da humanidade.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Fevereiro de 2017
Domingo, 26 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 25 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
07:30
Loterias
Sexta, 24 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)