Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/11/2008 14:25

Ordem de Lula é gastar tudo o que há de verba do PAC

Agência Estado

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, afirmou hoje que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse aos ministros, na reunião realizada ontem na Granja do Torto, que a ordem é "não haver investimento não realizado" e que eles devem "gastar tudo o que há de verba para o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento)."

O presidente, de acordo com o relato da ministra, enfatizou que é preciso fazer com que o gasto seja realizado "de forma consciente". Ainda segundo Dilma, Lula determinou aos ministros que, para garantir a realização dos investimentos, trabalhem em conjunto com os prefeitos e com os governadores, principalmente para tratar das medidas nas áreas de saneamento básico e educação.

A ministra, que costuma ser classificada por Lula como "a mãe do PAC", falou com jornalistas após participar de um debate na sede do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em Brasília, sobre legalização de terras na Amazônia. Ela contou ainda que o presidente Lula ordenou a todos os ministros que façam esforço para "acelerar ainda mais o PAC."

Dilma afirmou que o presidente Lula, ao ordenar aos ministros que garantam a conclusão das obras, quer que o País atravesse "com maior suavidade esse período de crise." A ministra reiterou a análise que vem sendo feita pelo presidente e pela maioria dos ministros, segundo os quais o enfrentamento dos efeitos da crise está sendo feito "com a consciência de que o governo, hoje, é parte da solução e não - como era antes - parte do problema" e que, "antes, o governo quebrava; hoje, o governo não quebra."

Medida anticíclica

Ainda segundo Dilma, o presidente Lula , ao ordenar aos ministros, na reunião de ontem, que trabalhem com governadores e prefeitos para "acelerar ainda mais o PAC", afirmou que o programa é "um instrumento anticíclico, porque a crise puxa (a economia) para baixo, e o PAC puxa para cima, aumentando o investimento."

"Quando você aumenta o investimento, significa que você está tendo uma ação contrária ao ciclo. Se o ciclo é de crise, aumentar o investimento faz você manter o crescimento do País, garantir renda e emprego", disse. Ela lembrou que "só nas hidrelétricas de Santo Antonio e Jirau (a serem construídas em Rondônia), serão 25 mil pessoas contratadas em cada uma das obras."

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)