Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/01/2008 13:29

Oposição tem assumir prejuízos da Saúde, diz ministro

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (dia 17), o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, reafirmou que a oposição tem que assumir a responsabilidade política pelo fim da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) e os prejuízos que ela causa para a gestão da área da saúde. Para ele, a eliminação do tributo comprometeu uma série de políticas públicas no setor, especialmente as definidas no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Saúde."A oposição tem que assumir o ônus político", disse Temporão.

De acordo com o ministro, com a extinção da CPMF o ministério ficou sem os recursos adicionais de R$ 4 bilhões para o PAC da Saúde neste ano e de R$ 24 bilhões no período de quatro anos. O pacote para a saúde previa, entre outras medidas, o reajuste da tabela de serviços e procedimentos do SUS (Sistema Único de Saúde), cujo impacto fiscal é de R$ 1,5 bilhão. Temporão afirmou que na reunião de hoje com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, não obteve nenhum aceno de recursos adicionais. "O ministro Mantega me serviu água, muita simpatia, mas não me acenou nada", afirmou.

Ao ser questionado sobre o que Mantega teria proposto para ressarcir as perdas da área da saúde, Temporão respondeu: "Ele propôs que nós meditemos e que nos debrucemos sobre as contas e trabalhemos. Mas hoje, a resposta que saio daqui é de que não há mais recursos financeiros. Não há dinheiro novo".



Jorge Franco com agências nacionais

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)