Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Junho de 2018

Últimas Notícias

21/03/2005 13:47

Operação vai combater atuação de falsos pescadores

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Na próxima semana começa em todo o Mato Grosso o Sul a força-tarefa “Operação Cardume” coordenada pela Secretarias de Meio Ambiente e Recursos Hídricos e Coordenação Geral do Governo, com apoio das policias Militar, Ambiental, Civil. O objetivo é verificar "in loco" a veracidade das informações cadastrais dos pescadores profissionais do Estado. O pescador que não tiver a pesca como atividade econômica principal terá a carteira caçada e sofrerá as punições legais.
Estarão envolvidas 135 pessoas, 22 viaturas e 43 embarcações. A partir de 1º de abril a força-tarefa irá na casa de cada pescador profissional para comprovar se a pesca é a única atividade econômica. Estão cadastrados na Sema cerca de três mil pescadores profissionais, já a Seap (Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca) tem o registro de cinco mil, enquanto na Associação dos Pescadores constam aproximadamente oito mil pescadores profissionais.
Nesta segunda-feira às 17h30, será realizada uma reunião na Governadoria com o secretário de Coordenação Geral do Governo, Raufi Marques, o superintendente de pesca da Sema, Thomaz Lipparelli; o comandante da Polícia Militar, coronel José Ivan de Almeida; capitão César Freitas Duarte da Polícia Militar Ambiental; delegado Fernando Paccielo Júnior da Delegacia Especializada no Combate aos Crimes Ambientais – DECA. O objetivo da reunião é apresentar o planejamento de atuação da Operação Cardume.
O trabalho contará com a participação do Comando Militar do Oeste – 9ª Divisão de Exército, que vai envolver também o Comando da 18º Brigada de Infantaria de Fronteira de Corumbá, o Comando do 9º Batalhão de Engenharia de Combate de Aquidauana e o Comando do 47ª Batalhão de Infantaria de Coxim. A participação do Exército é importante pois a Operação envolve águas internacionais e na Bacia do Alto Paraguai estão concentrados cerca de 90% dos pescadores profissionais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Junho de 2018
Domingo, 17 de Junho de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
06:50
Dia de Sorte
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)