Cassilândia, Segunda-feira, 27 de Março de 2017

Últimas Notícias

16/03/2006 08:12

Número de casos de Alzheimer dobrará a cada 20 anos

Agência Notisa

Segundo artigo publicado na “Lancet”, embora a doença deva crescer em todo o mundo, países em desenvolvimento serão mais afetados. Na China e em seus vizinhos do Sul do Pacífico é previsto um aumento de 300% no número de casos.

Preocupados com o aumento de casos de Alzheimer, 12 especialistas de diferentes nacionalidades realizaram uma revisão sistemática dos estudos publicados sobre a demência. O objetivo foi determinar sua prevalência para cada região do mundo segundo critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS). “As estimativas e as projeções da população das Nações Unidas foram usadas para estimar os números de pessoas com demência em 2001, em 2020 e em 2040. Estimamos taxas da incidência de prevalência, remissão e mortalidade”, afirmam os autores da pesquisa em artigo publicado na “Lancet”.

Segundo o texto, os dados foram calculados para homens e mulheres combinados, divididos em faixas etárias de 5 anos (para os que possuíam entre 60 e 84 anos de idade) e em um grupo com pessoas de 84 anos ou mais. Os resultados do estudo são alarmantes: “nós estimamos que 24,3 milhões de pessoas sofrem de demência hoje, com 4,6 milhões de novos casos a cada ano (um novo caso a cada 7 segundos). O número de pessoas afetadas dobrará a cada 20 anos, chegando a 81,1 milhões por volta de 2040”, afirmam Cleusa P. Ferri, do Alzheimer`s Disease International (Londres), e demais autores no artigo. Dois pesquisadores brasileiros também participaram do estudo: Paulo R. Menezes e Márcia Scazufca, ambos da USP.

Os resultados da pesquisa comprovaram que, apesar de afetar todas as regiões do mundo, a distribuição da demência entre os países não é uniforme: em 2001, 60% das pessoas com demência viviam nos países em desenvolvimento, número que deve chegar a 71% por volta de 2040. As taxas de crescimento da doença também são desiguais. “Os números em países desenvolvidos devem aumentar em 100% entre 2001 e 2040, mas é previsto um aumento em mais de 300% na Índia, China e seus vizinhos do oeste do Pacífico e do sul da Ásia”.

Os pesquisadores lamentam a escassez de estudos bem planejados e representativos em muitas regiões do globo. “Acreditamos que as estimativas detalhadas neste trabalho constituem a melhor base de dados disponível atualmente para planejamento, elaboração de políticas e alocação de recursos de saúde e bem-estar”, concluem.

Agência Notisa (jornalismo científico - science journalism)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Março de 2017
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 25 de Março de 2017
21:10
Cassilândia
15:01
Curiosidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)