Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/10/2007 19:52

Nota oficial da Abras sobre a adulteração no leite longa

Abras

Nota oficial

Com relação à Operação Ouro Branco, deflagrada pela Polícia Federal (PF) junto com o Ministério Público Federal (MPF), que constatou alterações no leite do tipo longa vida, em Minas Gerais, a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) informa que:


Está acompanhando a investigação para garantir que os produtos adulterados não sejam comercializados nos supermercados.
Orientou suas associadas para que recolham os seguintes lotes de leite longa vida, de acordo com recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, órgão responsável pela segurança alimentar no país:
· Parmalat - lotes LCZL062:3 e LCZL01 12:42

· Calu - lotes 4G, 4K e 4W

· Centenário - lote 1 (com fabricação em 25/07/2007) e lote 2 (com fabricação em 28/07/2007)

A adulteração do leite longa vida em Minas Gerais deve ser investigada em profundidade, com punição rigorosa aos responsáveis.
Como tem baixo valor agregado e um alto custo de transporte, o leite é um produto regionalizado. Portanto, trata-se de um problema localizado e não de âmbito nacional.
Pelas investigações em curso, a adulteração do leite longa vida ocorreu em duas cooperativas de MG e em três marcas. Portanto, não é possível generalizar o problema para toda a indústria do leite.


Associação Brasileira de Supermercados

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)