Cassilândia, Terça-feira, 24 de Abril de 2018

Últimas Notícias

03/11/2005 07:24

Mudanças nas eleições

Agência Câmara

O deputado Marcelo Barbieri (PMDB-SP) apresentou, nesta terça-feira, na comissão especial que analisa o assunto, parecer preliminar sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 446/05, que adia de 30 de setembro para 31 de dezembro deste ano o prazo para mudanças no processo eleitoral de 2006. O relator espera que sua proposta seja votada nos próximos 20 dias pela comissão. A reforma política foi assunto também em reunião com o presidente da Câmara, Aldo Rebelo, e com líderes de partidos.
Barbieri propôs a inclusão de uma série de regras no texto da Constituição. Algumas delas são polêmicas, como a criação de listas preordenadas pelos partidos políticos para as eleições de deputados estaduais, distritais e federais; o financiamento exclusivamente público de campanhas; a proibição das coligações proporcionais; e a criação das federações partidárias.

Negociações
Na reunião desta terça-feira com líderes de partidos e com o presidente Aldo Rebelo, Barbieri chegou ao entendimento de que não bastava prorrogar o prazo para mudanças, mas que também seria necessário deixar claro quais são as alterações na legislação eleitoral pretendidas para o ano que vem.
Barbieri propôs mais rigidez em questões como a fidelidade partidária. Ele sugere que o parlamentar eleito a partir de uma lista fechada possa se desfiliar do partido durante o mandato, mas não se registrar em outro partido. "E, caso queira se candidatar por outra legenda, terá que renunciar ao mandato que ocupa", acrescentou.
O líder do PT, deputado Henrique Fontana (RS), diz que as discussões sobre a reforma política ainda têm espaço na agenda da Câmara. "A pior de todas as pizzas é terminar essa crise política e dizer ao povo brasileiro que esse sistema político que nós temos hoje é o ideal e que deve continuar exatamente como é."
Barbieri explicou que a idéia é que cada item do substitutivo seja discutido pelos integrantes da comissão especial de modo a se chegar a um parecer definitivo com os pontos aprovados pela maioria dos deputados. A idéia é apresentá-lo até o próximo dia 22, após novas discussões em reunião da comissão a ser realizada no dia 10.

Apanhado
Ao elaborar a sugestão de substitutivo com as mudanças consideradas urgentes, Marcelo Barbieri tomou como base as propostas sobre legislação eleitoral discutidas no Congresso nos últimos seis anos. A principal delas é o Projeto de Lei 2679/03, da Comissão Especial da Reforma Política, aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania em junho deste ano.
Barbieri reforçou que as regras previstas no substitutivo valem apenas para as eleições de 2006. Ou seja, trata-se de uma emenda de caráter temporário. "Após esse período, a força da emenda se esgotaria e o Congresso Nacional teria oportunidade de aperfeiçoar a legislação inovadora, tanto constitucional como infraconstitucional, a partir da experiência naquele pleito", observou.
O único ponto a ser alterado definitivamente seria o fim da verticalização, que vai liberar os partidos para fazerem as coligações mais convenientes em cada estado, mesmo que não correspondam com as coligações firmadas no plano federal.

A comissão especial do processo eleitoral de 2006 volta a se reunir na próxima semana para discutir as mudanças propostas pelo relator.


Reportagem - Luciana Mariz e Alfredo Lopes
Edição - Regina Céli Assumpção


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 24 de Abril de 2018
Segunda, 23 de Abril de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)