Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/12/2009 16:32

MPE aposenta acusado de homicídio com salário integral

Edivaldo Bitencourt, Campo Grande News

O Colégio de Procuradores do MPE (Ministério Público Estadual) decidiu, na manhã de hoje, conceder aposentadoria irreversível por invalidez ao procurador de Justiça Carlos Alberto Zeolla, acusado de matar o sobrinho, Cláudio Alexander Joaquim Zeolla, em março deste ano na Capital. Ele passará a receber salário integral de aproximadamente R$ 22,1 mil por mês, sem as bonificações, como auxílio moradia.

Segundo a assessoria do MPE, laudo médico atestou a incapacidade do procurador para exercer qualquer função pública ou privada. O relatório apontou “patologia mental grave incapacitante”.

O procurador-afastado está preso desde 3 de março deste ano, quando matou com um tiro o sobrinho. Zeolla negou o crime inicialmente, mesmo com todas as evidências indicarem ele como assassino. Ele só confessou o assassinato dois dias depois, perante o procurador-geral.

Após vários dias preso no Garras, o procurador foi para a Clínica Carandá, onde está, mas sem escolta policial. Ele alegou que matou o sobrinho porque o rapaz havia agredido o avô (pai de Carlos Alberto), um dia antes. No entanto, testemunhas dizem que o idoso não foi agredido, apenas teve uma briga com o neto.

Consciência – No entanto, novo laudo, divulgado ontem pelo Campo Grande Newsconstatou que Zeolla tinha consciência de que estava praticando um crime, quando matou o tiro o sobrinho.

Segundo o advogado de Carlos Alberto, Ricardo Trad, o laudo diz que o procurador-afastado possui problemas psiquiátricos, no entanto, tem capacidade de entender o que é um crime e as consequências dele.

Ricardo Trad explica que os peritos deixaram de responder cerca de “12 ou 13” questionamentos da defesa, mesmo o Tribunal de Justiça tendo determinado que os peritos respondessem às questões, conforme o advogado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)