Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

03/12/2009 16:32

MPE aposenta acusado de homicídio com salário integral

Edivaldo Bitencourt, Campo Grande News

O Colégio de Procuradores do MPE (Ministério Público Estadual) decidiu, na manhã de hoje, conceder aposentadoria irreversível por invalidez ao procurador de Justiça Carlos Alberto Zeolla, acusado de matar o sobrinho, Cláudio Alexander Joaquim Zeolla, em março deste ano na Capital. Ele passará a receber salário integral de aproximadamente R$ 22,1 mil por mês, sem as bonificações, como auxílio moradia.

Segundo a assessoria do MPE, laudo médico atestou a incapacidade do procurador para exercer qualquer função pública ou privada. O relatório apontou “patologia mental grave incapacitante”.

O procurador-afastado está preso desde 3 de março deste ano, quando matou com um tiro o sobrinho. Zeolla negou o crime inicialmente, mesmo com todas as evidências indicarem ele como assassino. Ele só confessou o assassinato dois dias depois, perante o procurador-geral.

Após vários dias preso no Garras, o procurador foi para a Clínica Carandá, onde está, mas sem escolta policial. Ele alegou que matou o sobrinho porque o rapaz havia agredido o avô (pai de Carlos Alberto), um dia antes. No entanto, testemunhas dizem que o idoso não foi agredido, apenas teve uma briga com o neto.

Consciência – No entanto, novo laudo, divulgado ontem pelo Campo Grande Newsconstatou que Zeolla tinha consciência de que estava praticando um crime, quando matou o tiro o sobrinho.

Segundo o advogado de Carlos Alberto, Ricardo Trad, o laudo diz que o procurador-afastado possui problemas psiquiátricos, no entanto, tem capacidade de entender o que é um crime e as consequências dele.

Ricardo Trad explica que os peritos deixaram de responder cerca de “12 ou 13” questionamentos da defesa, mesmo o Tribunal de Justiça tendo determinado que os peritos respondessem às questões, conforme o advogado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)