Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/03/2008 14:03

Moeda da pecuária, preço do bezerro subiu 31% em um ano

Fernanda Mathias - Campo Grande News

Considerado a moeda da pecuária, o bezerro teve forte valorização nos últimos 12 meses e aquece os negócios no setor em Mato Grosso do Sul. O Estado é referência na cotação do bezerro para a Esalq/USP, que aponta no último dia 7 valor de R$ 512,84 por animal. Isso significa 31% a mais que os R$ 390,62 encontrados no mesmo dia há um ano.

O presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Laucídio Coelho Neto, afirma que é justamente a valorização do bezerro que está revertendo os altos índices de abate de matrizes dos últimos anos. Com o preço bom, o pecuarista pode vender os bezerros sem precisar lançar de mão dos abates de fêmeas para pagar suas contas.

A arroba do boi gordo vive um recorde histórico em plena safra. Há negócios na casa dos R$ 72,00 em Mato Grosso do Sul, segundo Laucídio Coelho. Apesar disso, ele afirma que a alta ainda é muito recente para aplacar os prejuízos dos últimos anos. “Foram dois anos e meio de preços muito ruins e não deu para acertar ainda o passivo deste período”, diz.

São Pedro – Os frigoríficos operam com escalas – intervalo entre uma compra e outra – curtas, de 4 a 5 dias no máximo. Além dos bons preços que dão um conforto para que o pecuarista oferte menos, este ano ele também conta com o tempo a seu favor: as chuvas abundantes renderam pasto verde e farto para o rebanho e ele não tem pressa de tirar os animais.
Com todo esse cenário favorável Laucídio Coelho prevê bons negócios durante a Expogrande, que será realizada em abril. Otimista, ele diz que espera negócios com bezerros a R$ 600,00.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)