Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2019

Últimas Notícias

08/02/2019 09:20

Ministro Sul-matogrossense Mandetta foi ameaçado por intervir em hospital no Rio

Correio do Estado

 

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), teria sido sido ameaçado por meio de ligações telefônicas, horas antes de interferir na gestão do Hospital Federal de Bonsucesso, segundo relatos de médicos da unidade ao jornal Extra, do Rio de Janeiro.

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, disse ao diretor interino do Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio de Janeiro, Paulo Roberto Cotrim de Souza, que equipe do governo federal sofreu ameaças ao visitar o hospital para iniciar a elaboração de um plano de melhoria do atendimento ao público. Bebianno revelou as ameaças em um encontro no Departamento de Gestão Hospitalar do Ministério da Saúde, no centro do Rio de Janeiro.

O encontro, na última quarta-feira (6), reuniu Bebianno, o ministro da Saúde e diretores dos hospitais federais. Na reunião, foram apresentadas as primeiras propostas de ação para melhorar o atendimento e a gestão nas unidades. “O hospital de Bonsucesso foi o único que tentou intimidar parte da nossa equipe”, disse Bebianno.

No início do mês, Mandetta afirmou em entrevista à GloboNews, que o governo federal enviará uma força-tarefa nos seis hospitais federais do Rio de Janeiro. O objetivo é evitar fraudes e melhorar o serviço. O ministro fez uma visita surpresa ao hospital.

Há duas semanas, o Ministério da Saúde exonerou a diretora do Hospital Federal de Bonsucesso, Luana Camargo. A unidade sofria com ar-condicionado sem funcionar, superlotação e faltas de médicos a plantões. Além disso, funcionários do hospital afirmavam que ex-diretora nomeou indicados políticos e pessoas sem experiência.

O ministro Bebianno disse que o governo apura as ameaças. Diante das intimidações relatadas por ele em vídeo, o ministro disse que não há somente suspeitas, mas “fortes indícios e depoimentos”.

“Não só suspeitas como fortes indícios e depoimentos. Estamos apurando. Não podemos afirmar, ainda, em definitivo, se há ou não o envolvimento direto de milícias na gestão do hospital de Bonsucesso. O que podemos assegurar é que há muita coisa estranha por lá. Não nos intimidaremos por pressões ou ameaças, veladas ou explícitas. É vontade do senhor presidente da República a recuperação dos seis hospitais federais do Rio de Janeiro. Missão dada é missão cumprida”, disse Bebianno.

O caso está sendo investigado pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin). A reportagem procurou o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), ao qual a Abin, é subordinada, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Fevereiro de 2019
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Domingo, 17 de Fevereiro de 2019
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Fevereiro de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)