Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/01/2012 16:05

Mapa envia missão ao Paraguai para inspecionar frigoríficos

Campo Grande News/ Marta Ferreira

O Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) informou hoje que envio dois fiscais federais agropecuários ao Paraguai para inspecionar os frigoríficos habilitados a exportar carne para o Brasil. Anunciada quando o ministro Mendes Ribeiro esteve em Mato Grosso do Sul, após o surgimento de novos casos de febre aftosa no departamento de San Pedro, a 150 quilômetros da fronteira sul-mato-grossense, a ação faz parte do conjunto de medidas tomadas pelo governo brasileiro para impedir que o vírus da doença entre no Brasil.

A missão com os dois profissionais, do Departamento de Saúde Animal e do Dipa (Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal) inicia os trabalhos amanhã (12) e vai levar 8 dias. A tarefa é verificar se estão sendo cumpridos todos os requisitos para exportação de carne maturada e desossada para o mercado brasileiro, em cinco plantas dos departamentos de Assunção e Concepción.

Só esse tipo de carne está com a exportação permitida para o Brasil desde setembro, quando outro foco de aftosa foi confirmado no departamento de San Pedro, mesma região onde foi detectado foco da doença em setembro do ano passado.

Hoje, a carne paraguaia só pode entrar no Brasil via Ponta Porã, onde os caminhões são desinfetados.

Além da missão enviada hoje, uma outra, do Comitê Veterinário Permanente do Mercosul (CVP), presidido Brasil, deve estar no Paraguai entre os dias 15 e 21 de janeiro, informou o ministério. O objetivo, como anunciado, é buscar soluções e ajudar o governo paraguaio a identificar e implementar estratégias para erradicar a febre aftosa em seu território.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)