Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/10/2008 19:56

Mantega: G7 não é adequado para sanar efeitos da crise

Agência Brasil

Brasília - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse hoje (12) que o G7 não é "adequado" para sanar os efeitos da atual crise financeira "porque deixa de fora os países emergentes". A informação é da BBC Brasil.

O G7 é formado pelos países mais ricos do mundo: Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Itália, Japão, Alemanha e Canadá.

Os comentários do ministro foram feitos durante uma entrevista coletiva realizada na sede do FMI, após ele ter participado de uma reunião do G20 Financeiro, grupo formado pelos ministros de Finanças e presidentes dos bancos centrais das 20 maiores economias do mundo, no sábado à noite, que contou com a participação inesperada do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush.

"A presença do presidente Bush numa reunião do G20 realizada no FMI demonstra o interesse dele em que essas instituições tenham uma posição mais ativa para a solução da crise. Ele está prestigiando instituições que ele considera importantes para a solução da crise", afirmou Mantega.

Para o ministro, o G7 "está se movimentando para equacionar os problemas europeus, à semelhança do que fizeram os Estados Unidos". Já o G20, segundo ele, avança para "uma ação coordenada.''

Porém, de acordo com Mantega, o problema do G20 é não ter sido "talhado para enfrentar esse tipo de situação". "Seu objetivo era mais ser um fórum de discussão de problemas de fundo dos vários países. Ele tem uma conformação que impede uma atuação mais decisiva em problemas econômicos. Os ministros se reúnem apenas uma vez ao ano e ao longo do ano são os vices que fazem os encontros".

Mantega acredita que o órgão deveria passar a ter quatro encontros ao ano, como faz o Mercosul.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)