Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/02/2008 07:00

Manoel Afonso diz que o aval é o terror dos candidatos

Manoel Afonso

É só conversar com quem já militou ou milita na política para concluir que a vida de candidato não é fácil. Ele é obrigado a enfrentar um mar de incertezas e dificuldades sempre com bom humor para gerar expectativa positiva a quem o procura.
Quando alguém manifesta a intenção de concorrer a qualquer cargo eletivo, abre-se a porta da esperança para muita gente; não só aos oportunistas de plantão como também para os reais necessitados. E aí agüenta: pedido de fiança, serviço funerário, remédio, óculos, despesa hospitalar, cadeira de roda, dentadura, emprego, material de construção, certidão cartorial, conta de água e luz, taxa de condomínio, IPTU, IPVA, mensalidade escolar e de plano de saúde integram essa longa lista de “mordidas”. No fundo, o eleitor entende que essa é a sua chance de levar algum tipo de vantagem com as eleições, pois acredita que os políticos são todos iguais: só querem seu voto e ponto final.
Os políticos mais experientes aconselham: o melhor é tentar empurrar com a barriga, procrastinar enquanto for possível, pois o eleitor não guarda segredo e logo a tal generosidade eventual do candidato fica pública. Aí a fila de pedidos ficará ainda mais extensa. Claro que alguns atendimentos devem ser imediatos, pois dependem menos de dinheiro e mais da interferência prestigiosa do candidato. Um telefonema por exemplo, pode agilizar o parecer num processo administrativo de interesse do eleitor.
Mas existem casos fatais que funcionam como faca na garganta do candidato. O mais antigo deles, e de efeito devastador é o aval. O candidato precisa ser articulado para se livrar da coação do eleitor esperto, que traz em mãos, na maioria das vezes, a nota promissora preenchida inclusive. Já presenciei essa cena constrangedora e delicada. Não tem escapatória. É sim ou não! O eleitor não aceita o papo “fica pra depois”. O candidato tem que fazer a contabilidade das perdas e dos ganhos. Aliás, conheço inúmeros ex-candidatos que simplesmente perderam todo o patrimônio, adquirido com suor ao longo da vida, graças aos avais eleitoreiros.
No livro sobre a vida do saudoso Ramez, há o relato sobre um episódio interessante e que mostra bem a realidade pré-eleitoral no Brasil. Ramez tinha dúvida sobre a viabilidade de sua candidatura e certo dia passou a receber correligionários para sentir o clima e avaliar suas possibilidades de vitoria. Ao final chamou o assessor Castilho Coaraci e desabafou: “Não sou mais candidato. Somei os valores dos pedidos destes eleitores e o total é muito acima do meu patrimônio pessoal.”
Infelizmente nem todos tem o juízo, o equilíbrio e o bom senso de Ramez e aí as bobagens acontecem. Aos pretendentes, ingênuos ou não, fica o alerta.

Manoel Afonso


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)