Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/07/2017 14:00

Lula é condenado na Operação Lava Jato

Midiamax

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. De acordo com o site da Revista Veja, a decisão emitida pelo juiz Sergio Moro é a primeira condenação de um ex-presidente do Brasil pelo crime de corrupção.

Conforme a revista, a sentença anunciada nesta quarta-feira (12) faz parte do processo em que Lula foi acusado pela força-tarefa da Operação Lava Jato, capitaneada pela Polícia Federal, de receber vantagens indevidas enquanto estava no comando do país.

Entre as vantagens que o ex-presidente teve está o recebimento e reforma de um triplex no balneário Guarujá, na cidade de São Paulo.

Em relação aos bens que Lula armazenava como seu acervo pessoal, não houve condenação. Moro absolveu o ex-presidente nesse quesito da denúncia "imputações de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo o armazenamento do acervo presidencial por falta de prova suficiente da materialidade".

​A denúncia

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), a construtora OAS destinou à família do ex-presidente Lula um triplex no Condomínio Solaris, em frente à praia, em Guarujá. Antes de a empreiteira assumir a obra, o edifício era comercializado pela antiga cooperativa de crédito do Sindicato dos Bancários de São Paulo, conhecida como Bancoop, que faliu. A ex-primeira-dama Marisa Letícia tinha uma cota do empreendimento.

Sobre o armazenamento de bens, o MPF afirma que a OAS pagou R$ 1.313.747,24 para a empresa Granero guardar itens que Lula recebeu durante o exercício da presidência, entre 2002 e 2010.

O pedido foi feito pelo presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, e pelo próprio ex-presidente da República. Esse trecho da denúncia, no entanto, foi rejeitado por Moro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)