Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/02/2005 09:12

Líder do Governo diz que reajuste do IRPF é inegociável

Agência Câmara

O líder do Governo na Câmara, deputado Professor Luizinho (PT-SP), classificou como “inegociável” o percentual de 10% de reajuste na tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), como prevê a Medida Provisória 232/04. A declaração foi feita em resposta à decisão do PFL de rejeitar a íntegra da MP e punir os parlamentares que votarem a favor da proposta ou que faltarem à votação.
No lugar da MP, o PFL defende a aprovação de projeto em tramitação no Senado que prevê a correção da tabela do IRPF de acordo com a inflação passada. O Governo não concorda com o projeto porque, segundo Professor Luizinho, um reajuste superior a 10% comprometeria as contas públicas. “Essa posição é contra o País, já que o reajuste como está é resultado de uma negociação que teve a participação das centrais sindicais”, lembrou. “Se o PFL pretender recusar isso, é bom que o País saiba que qualquer outro valor só poderá ter validade para o próximo ano”.

Pontos negociáveis
O líder do Governo admite negociar os demais pontos polêmicos da MP, como o dispositivo que aumenta de 32% para 40% o Imposto de Renda e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) das empresas prestadoras de serviço tributadas pelo lucro presumido. Outro tema negociável, segundo o deputado, é a retenção de imposto na fonte sobre a comercialização de produtos agropecuários. A negociação desses artigos é uma reivindicação da Frente Parlamentar das Micro e Pequenas Empresas, do PSDB, do PDT e de outros partidos e entidades.



Reportagem - Marise Lugullo
Edição - Rejane Oliveira

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)