Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/09/2008 10:19

Ladrões invadem universidade, arrombam cofre e matam

José Ribamar Trindade/24horasnews

Uma quadrilha, de pelo menos seis assaltantes, invadiu, após à meia-noite de ontem, o prédio da Faculdade Unirondon, localizado na Avenida Beira Rio, em Cuiabá. Além de roubar - valores em dinheiro ainda não divulgados -, os ladrões ainda mataram com um tiro na cabeça um segurança e deixaram o outro amarrado dentro de um banheiro.

O segurança Fernando Jesus de Magalhães, de 31 anos, ficou por cerca de 70 minutos agonizando, dentro de um dos banheiros masculinos da Unirondon antes de morrer com um tiro na cabeça.
O parceiro de trabalho dele, Romilton da Silva Santos, de 40 anos, conta em detalhes como aconteceu o latrocínio (roubo seguido de morte) inclusive a agonia do amigo, sem nada poder fazer.

Os dois seguranças foram surpreendidos por dois ladrões, ambos armados por volta dos 15 minutos da madrugada de hoje. Fernando foi levado para dentro de um banheiro e Romilton para outro.

Fernando tentou se mexer para não ser amarrado, quando levou um tiro na cabeça e começou a agonizar com gemidos muito altos. Ao lado dentro, em outro banheiro, estava Romilton, que foi amarrado e assistiu o amigo morrer aos poucos.

Usando acessórios próprios para arrombamento de cofres fortes, inclusive um potente maçarico, os ladrões começaram a abrir o cofre do caixa eletrônico do Banco do Brasil.
Depois de mais de duas horas, os bandidos iniciaram os “trabalhos” de arrombamento do cofre do caixa do Banco Real. Só que, os assaltantes tiveram que desistir e deixar o local às pressas porque o alarme foi acionado automaticamente.

Amarrado com cadarços de sapatos e fios de nylon, o segurança Ronilton ainda demorou para se livrar das amarras. Livre, ele saiu para a Avenida Beira Rio e pediu ajuda à um taxista, que acionou a Polícia Militar.

O corpo de Fernando foi liberado após às 4 horas da madrugada de hoje, por investigadores da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) chefiados pela delegada Anaídes Barros.

Mesmo ainda traumatizado por ter assistido a morte do companheiro de trabalho, Romilton prestou esclarecimento sobre latrocínio à Polícia Civil. O segurança não soube explicar quantos homens eram.

Garantiu que não é capaz de reconhecê-los, mas também afirmou que dois homens ficaram ao lado de dele e de Fernando o tempo todo.

“Eles mataram, o Fernando a sangue frio. Atiraram por atirar, como se estivessem brincando e ficaram lá, como se nada tivesse acontecido. Infelizmente não deu para reconhecer nenhum deles, até porque eles não deixaram”, disse o segurança, testemunha ocular do latrocínio.

INVESTIGAÇÕES

O roubo e a morte do segurança Fernando Jesus de Magalhães, assassinado com um tiro na cabeça durante um assalto dentro da Faculdade Unirondon, em Cuiabá, serão investigados pelo delegado Rogério Gualda, do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc-Oeste), do bairro Verdão, que será o presidente do inquérito aberto na manhã de hoje.

A Polícia ainda sabe pouca coisa a respeito do latrocínio. O delegado Gualda acredita, no entanto, que a quadrilha seja formada, por pelo menos seis assaltantes. Ficou confirmado, que dois pegaram os seguranças e um dos bandidos atirou para matar Fernando.

Outros dois bandidos teriam ficado do lado de fora dando cobertura com apoio de dois carros. Outros dois, pelo menos, acredita a Polícia, “trabalharam” na abertura dos cofres dos caixas eletrônicos.

O delegado Gualda evitou falar sobre o assunto, principalmente sobre as investigações, que vão iniciar na estaca zero porque a Polícia ainda não tem nenhuma pista dos bandidos.

“A doutora Naides, da DHPP fez a liberaração do corpo, mas por se tratar de um latrocínio, as investigações foram transferidas para o Cisc-Oeste. Já estamos trabalhando no caso, mas ainda é muito cedo para qualquer comentário”. comentou o presidente do inquérito.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)