Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/11/2005 17:33

Justiça tira RedeTV do ar por exibir programa

Iolando Lourenço/ABr

A sede da RedeTV, na capital paulista, está lacrada desde a noite de ontem (14). A emissora foi fechada por ordem da juíza Rosana Ferri Vidor, que aceitou pedido de liminar do Ministério Público Federal.

A emissora foi punida por descumprir uma ordem judicial anterior que determinava que fosse retirado do ar o programa Tardes Quentes, do apresentador João Kleber. Sérgio Suiama, procurador federal dos Direitos Humanos do Cidadão, acusou o programa de adotar "atitudes claramente depreciativas, preconceituosas e deturpadas de esteriótipos de minorias, tais como homossexuais, idosos, mulheres, deficientes físicos e crianças".

A juíza Vidor acatou a denúncia de Suiama e determinou que o programa ser retirado do ar e, em seu lugar, a RedeTV apresentasse programas educativos, elaborados por organizações de direitos humanos, como direito de resposta a João Kleber. Segundo Suiama, a emissora não cumpriu a decisão, o que fez a Justiça determinar que ela tivesse toda a sua programação retirada do ar.

"Ontem entregamos uma fita gravada para ser exibida no horário do programa Tardes Quentes e ela não foi levada ao ar como determinava a decisão judicial", diz Suiama. Segundo o procurador, o canal aberto da emissora na capital paulista está lacrado, mas as afiliadas da emissora estão funcionando, assim como o canal a cabo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)