Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/06/2013 11:30

Justiça determina interdição da rodovia GO-302, entre Itajá e a Lagoa Santa

O Correio News

O juiz Adenito Francisco Mariano Júnior, de Itajá (GO), determinou hoje (13/06) a interdição da rodovia GO-302, no trecho entre os municípios de Itajá e Lagoa Santa/GO, até que haja condições de tráfego seguro, nos termos do art. 88 do Código de Trânsito Brasileiro.

A liminar foi concedida em Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público para obrigar a Agetop — Agência Goiana de Transportes e Obras e o Estado de Goiás a garantir trânsito em condições seguras na referida rodovia.

O juiz concedeu a liminar devido às constantes reclamações, insegurança e prejuízos dos usuários, inúmeros acidentes, e fato público e notório da impossibilidade de tráfego pela referida rodovia.

Na inicial da Ação o Ministério Público aduz que: “no trecho que liga os municípios de Itajá e Lagoa Santa, a situação de abandono e descaso dos poderes públicos do Estado de Goiás, notadamente da AGETOP, responsável pelas vias estaduais, revela a falência de uma estrutura de governo carcomida pela inépcia, pela incompetência e pelo absoluto desprezo pelos direitos constitucionais mais elementares do cidadão goiano.

É fato público e notório que a Rodovia GO – 302, no trecho citado, encontra-se tomada por buracos, num avançado estágio de degradação, em decorrência de omissão da requerida na deflagração de manutenção preventiva e corretiva, causando vários transtornos à população local e aos usuários da mencionada rodovia”.

A GO 302, neste trecho, constitui “um monumento “vivo” em homenagem à mentira, aos descaso e ao desrespeito pela vida do povo goiano”; pois, “várias foram as tentativas de uma solução amigável para providências relativas à correção e manutenção da rodovia, o que até hoje se traduziu em promessas políticas não cumpridas”, afirmou.

O tráfego neste trecho fica restrito à ambulâncias, carros oficiais, funerários, moradores da região que comprovem com documentos a residência neste trecho, bem como os proprietários rurais que possuem fazendas ao longo do trecho.

A interdição da rodovia é extremamente necessária devido à absoluta falta de condições de tráfego, com risco de dano material aos veículos e de vida aos motoristas e passageiros.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)