Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/10/2014 16:00

Juízes que descumprirem atribuições enfrentarão rigores da lei,diz corregedor

STJ

Juízes federais que comprovadamente deixem de cumprir suas obrigações profissionais enfrentarão o rigor das penalidades previstas para esses casos, garantiu nesta terça-feira (14), em Brasília, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Humberto Martins.

“Seremos rigorosos em relação à recusa de juízes que deixarem de cumprir com suas atividades ou com seus compromissos com o Judiciário”, asseverou Martins, que é corregedor-geral do Conselho da Justiça Federal, em coletiva à imprensa.

A declaração foi dada na sede do STJ, onde o magistrado, momentos antes, se reuniu com o presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Antônio Bochenek, com quem analisou o movimento reivindicatório da categoria.

Segundo Martins, nos últimos dias chegaram à corregedoria informações a respeito de alguns juízes de Tribunais Regionais Federais que teriam deixado de cumprir com seus deveres funcionais.

De acordo com as denúncias, tais atitudes teriam sido tomadas após haver sido cortado o pagamento da gratificação por acúmulo de função dada a magistrados que atuavam temporariamente como substitutos em varas sem titulares.

Inquilinos

A extinção do benefício foi considerada por certos juízes como abuso e exploração de seu trabalho e, por isso, decidiram limitar-se a julgar os casos das varas em que efetivamente estão lotados.

“Juízes e magistrados não são donos do poder, são inquilinos. O dono é o povo, e a Justiça deve oferecer o seu melhor para a população, sempre”, disse Martins, ao sublinhar que as investigações darão amplo direito de defesa aos investigados.

De acordo com ele, caso as falhas sejam de fato verificadas, as penalidades poderão variar desde advertência até a aposentadoria compulsória do magistrado.

“Mas inicialmente estamos empenhados em buscar o diálogo e esclarecer todos os pontos relativos a essa situação, para encontrar soluções que atendam a todos e garantam a tranquilidade da população e a ordem pública”, enfatizou.

Insatisfação

Bochenek, por sua vez, observou que muitos juízes federais estão insatisfeitos, pois se sentem discriminados e alijados de uma série de benefícios concedidos, segundo ele, somente a magistrados estaduais e a membros do Ministério Público Federal.

“Dados do Conselho Nacional de Justiça comprovam que os juízes federais são muito mais produtivos que os dos tribunais estaduais e até os da Justiça do Trabalho”, comentou o representante da Ajufe.

Ele explicou que a entidade tem feito consultas aos seus associados e levado essas insatisfações às principais instâncias do Executivo, do Legislativo e do Judiciário.

Ponderou que a postura da Ajufe é política, mas que, apesar de ser representativa da categoria, a entidade não pode influenciar as atitudes que cada juiz adotará nos processos, no que são livres – e, por isso mesmo, responsáveis por seus atos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)