Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/05/2007 19:37

Juiz nega liminar para afastar prefeito de Paranaíba

Humberto Marques/Campo Grande News

O juiz Marcelo Andrade Campos Silva, da Comarca de Paranaíba, negou pedido do Ministério Público Estadual para afastar do cargo o prefeito Manoel Roberto Ovídio (PR), por prática de improbidade administrativa. O pedido havia sido efetuado em 17 de maio, após denúncia do vereador Paulo Henrique Cançado Soares (sem partido), que acusava o chefe do Executivo de tentar desistir de uma cobrança, no valor de R$ 119,6 mil, a ser realizada a seu cunhado, o secretário municipal de Indústria e Comércio, Damião Martins Ferreira.

A denúncia apontava que Ferreira – proprietário de um loteamento na cidade – teria uma dívida de IPTU no valor de R$ 119.697,19, que seria perdoada pela administração municipal. Porém, a prefeitura também emitiu solicitação para suspender o pedido de isenção da cobrança, sendo apontado também pagamento parcial e parcelamento da dívida do secretário. O vereador sustentou que o acordo havia sido feito com data posterior ao pedido de desistência protocolado na Justiça.

A representação do MPE foi datada em 18 de abril deste ano, sendo que as explicações sobre as operações envolvendo a dívida foram realizadas em 16 de abril. “O próprio lapso temporal existente entre tal fato e a propositura da presente ação [18 de maio de 2007] por certo obliteram o risco na demora do provimento, eis que haveria tempo mais que suficiente para as aventadas ‘manobras’”, apontou o magistrado em sua decisão, indeferindo pedido de liminar para afastamento do prefeito paranaibense.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)