Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/06/2006 18:58

Juiz aceita proposta de compra para Varig, com condições

Alana Gandra/ABr

O juiz Luiz Roberto Ayoub aceitou a proposta de compra da entidade Trabalhadores do Grupo Varig (TGV) de R$ 1 bilhão, feita no leilão realizado no último dia 8, desde que se comprove que a TGV pode atender às condições do edital.

Roberto Ayoub, titular da 8ª Vara Empresarial do Rio, onde corre o processo de recuperação judiciária da companhia aérea, deu prazo até 12 horas da próxima quarta-feira (14) para que os proponentes apresentem a comprovação.

Em entrevista à Agência Brasil ontem, o consultor econômico da TGV, Paulo Rabello de Castro, disse que, após o pregão foi feita uma audiência judicial na qual ele mesmo esclareceu detalhes da proposta. "Mas qualquer esclarecimento solicitado pelo juiz vai ser prestado. Se alguma coisa está obscura, vai ficar clara", ponderou.

Ele nega que a proposta dos trabalhadores inclui apenas uma parcela em dinheiro vivo, de R$ 285 milhões. "É tudo em dinheiro vivo, à vista ou quase à vista". Castro informou que a parcela inicial de R$ 225 milhões de dívidas da Varig com os empregados (créditos concursais) também é para o pagamento à vista. "Na hora em que eles são trocados, é como se fosse dinheiro vivo".

De acordo com ele, o mesmo ocorre em relação aos R$ 500 milhões em debêntures (títulos). "Na realidade, a questão das moedas é algo imaterial. O lance ofertado está de acordo com o que foi solicitado no edital".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)