Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/11/2012 06:40

Japão retoma buscas por 2.500 desaparecidos em terremoto ocorrido há 20 meses

Renata Giraldi*, Agência Brasil

Brasília – Após 20 meses do terremoto seguido por tsunami no Nordeste do Japão, as autoridades do país retomaram a busca intensiva dos corpos de mais de 2.500 pessoas desaparecidas na tragédia. A polícia e a guarda costeira das províncias de Iwate e Miyagi comandam as operações. Pelos dados da polícia do Japão, a tragédia deixou 15.873 mortos e 2.768 desaparecidos. A maior parte das vítimas era moradora de Miyagi e Iwate, além de Fukushima.

Em Fukushima, a situação se agravou em decorrência de explosões e vazamentos radioativos na usina nuclear que fica na região. Mais de 80 mil pessoas foram retiradas da área devido aos elevados níveis de radiação.

O terremoto e o tsunami causaram uma crise no Japão, obrigando as autoridades a providenciar abrigo para cerca de 340 mil pessoas. A tragédia destruiu mais de 393 mil casas e deixou 27,5 milhões de toneladas de escombros.

Na tentativa de recontruir o país e ajudar as vítimas, o governo aprovou quatro orçamentos extraordinários, no valor de 190 mil milhões de euros. A Tepco, empresa gestora da Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, indicou que os custos do acidente podem ser superiores a 96 bilhões de euros.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

Edição: Graça Adjuto

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)