Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/07/2005 09:27

INSS quer transparência e segurança no empréstimo

Valtemir Rodrigues/Voz do Brasil/ABr

Brasília - O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estabeleceu novas regras para os empréstimos com desconto em folha de pagamento, com o objetivo de dar mais transparência e segurança para aposentados e pensionistas. A idéia é proteger o segurado da ação dos fraudadores e evitar a concessão irregular de empréstimos.

Uma instrução normativa publicada no Diário Oficial da União na última segunda-feira estabelece uma série de critérios para os bancos que querem dar empréstimos para aposentados e pensionistas. Entre eles a obrigatoriedade da instituição financeira de informar ao interessado as taxas de juros e os acréscimos que o valor financiado possa ter. O banco também deverá informar o total financiado, o valor, o número e a periodicidade das prestações.

O presidente do INSS, Samir Hatten, informou que as mudanças foram tomadas diante dos registros de fraudes. Segundo ele, o objetivo da iniciativa foi, principalmente, dar mais segurança a aposentados e pensionistas na hora de pegar o empréstimo. "Ela vai beneficiar no sentido de que o aposentado ou pensionista vai ter maior esclarecimento, mais segurança para contrair esse tipo de empréstimo. Caso haja qualquer desvio por parte da instituição financeira, a gente pode corrigir essa falha de forma firme de maneira rápida", garantiu.

Segundo Hatten, se for comprovada alguma irregularidade, a instituição financeira terá que devolver o dinheiro em até 48 horas após ser notificada. Ele explicou que, agora, essa modalidade de empréstimo terá que seguir os critérios do Banco Central. "O processo e a forma de empréstimo entre o banco e o segurado deverá ser validado ou ter uma autorização junto ao banco central", disse. Outra mudança é o prazo para quitação do empréstimo: agora, o limite será definido pelos próprios bancos e não mais de 36 prestações, estipuladas antes pelo INSS.

Algumas regras não foram alteradas. Entre elas o valor das prestações, que continua sem poder ultrapassar 30% do valor da aposentadoria ou pensão recebida pelo beneficiário.

O empréstimo com consignação em folha de pagamento foi lançado no inicio do ano passado e já beneficiou cerca de 3,5 milhões de aposentados com cerca de R$ 7,5 bilhões. Com as novas regras, espera-se que o INSS restabeleça o fechamento de novos convênios com instituições bancárias. A suspensão ocorreu no final do mês de maio, por um prazo de 60 dias. Naquela ocasião foram descobertos seis casos de fraude no Pará.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)