Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/11/2005 14:52

INSS quer implementar programa para diminuir filas

Benedito Mendonça/ABr

Reduzir filas nas agências da Previdência Social e acelerar a análise dos processos de pedidos de aposentadoria, pensão e demais benefícios. Esses são os objetivos do Programa de Gestão do Atendimento (PGA) que o Ministério da Previdência e Assistência Social e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a implementar, a partir de hoje (25), em 65 unidades de todas as regiões do país, sendo 30 agências e 35 gerências. A rede de atendimento ao público compõe-se hoje por 1.164 agências.

Segundo a gerente regional da Previdência Social em Brasília, Raquel Marchall, o programa vai promover a melhoria no nível de produtividade, ao estabelecer mais organização, controle e capacitação gerencial, inclusive em áreas técnicas do INSS.

Isso porque, acrescenta Raquel, o PGA prevê que funcionários da Previdência desenvolvam trabalhos com equipes autogeridas, que não dependem de chefias para desempenhar suas atribuições, o que garantirá melhor administração e agilidade nos processos.

"É uma organização de trabalho que fará com que isso aconteça", avaliou. "O PGA está inserido em um programa maior e é uma das propostas para reduzir as filas. Mas também há um investimento bastante alto em tecnologia para que isso aconteça", disse, acrescentando que entre as ações está a ampliação para 24 horas do atendimento do PrevFone ( 0800-780191).

Ontem (24), em entrevista a rádios do Rio de Janeiro e de São Paulo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva prometeu acabar com as filas no INSS "a partir de março, começo de abril de 2006". Uma das medidas, segundo ele, será a abertura de mais canais de informação à população e a ampliação do horário de funcionamento das agências para até às 18 horas.

Raquel esclarece que, neste primeiro momento, isso não vai acontecer: o horário de funcionamento permanece das 8 às 14 horas. Apenas 18 agências do Rio de Janeiro e de São Paulo onde está sendo desenvolvido um projeto-piloto terão o funcionamento estendido até às 18 horas.

Na mesma entrevista, convidado pelo presidente a participar da conversa, o ministro da Previdência e Assistência Social, Nelson Machado, explicou que as filas começarão a diminuir a partir de fevereiro do ano que vem, e salientou que "acabar com elas de uma vez não é fácil". Para o ministro, a "organização do atendimento" é o primeiro passo para que as filas comecem a diminuir.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)