Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/06/2006 15:06

IAGRO deposita R$ 378 mil no FESA

Famasulnews

O diretor-presidente da Iagro Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro/MS), João Cavalléro, afirmou ontem que o órgão depositou R$ 378 mil à Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), gestora do Redsa (Reserva Estratégica para Defesa da Saúde Animal de MS) – antigo Fundo Emergencial para a Defesa da Saúde Animal de Mato Grosso do Sul (Fesa/MS).



Notícia publicada na edição de domingo (25/6) do Correio do Estado mostrou que o Governo do Estado mantinha arrecadação de recursos por meio das taxas da Iagro/MS, mas, desde janeiro, interrompeu o repasse de 20% dos recursos destinados à Redsa, criado para indenizar produtores que tiveram animais sacrificados em caso de emergências sanitárias. Segundo a Funar, o repasse do Governo para a Reserva deveria girar em torno de R$ 100 mil por mês, o que garantiria caixa de pelo menos R$ 600 mil nos seis primeiros meses deste ano.



Sem os recursos, a fundação não tinha os R$ 185.585,50 necessários para indenizar os dois últimos produtores de Japorã e Mundo Novo que tiveram animais sacrificados, em decorrência da confirmação de focos de febre aftosa na região desde outubro de 2005. O depósito realizado ontem pela Iagro deve possibilitar a conclusão das indenizações de responsabilidade do Redsa. Outros seis processos indenizatórios que têm pendências judiciais tramitam na Superintendência Federal de Agricultura (SFA/MS).


Autor: Imprensa - Correio do Estado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)