Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/12/2015 09:00

Grávida pode fazer radiografias?

BabyCenter

A preocupação depende do tipo de raio x a que você vai se submeter e a quanto de radiação vai se expor. Quanto mais radiação, maior o risco para o bebê.

A maioria das radiografias com finalidade diagnóstica (no dentista, por exemplo) não expõe o feto a níveis elevados de radiação para que haja consequências negativas. Embora tenha sido apontado que a exposição fetal a mais de 10 rads (unidade de medida para radiação absorvida) aumente os riscos de dificuldades de aprendizado e anomalias de visão, não há com o que se alarmar. É raro que radiografais diagnósticas excedam os 5 rads.

A quantidade de radiação que um bebê recebe quando a mãe faz um raio x no dentista, por exemplo, é de apenas 0,01 milirad. Um rad equivale a 1.000 milirads, então alguém teria que fazer 100 mil radiografias dentárias para que o bebê fosse exposto a 1 rad. Estima-se que uma radiografia do tórax exponha o feto a 60 milirads, uma do abdome a 290 e uma tomografia a 800 milirads. Para se ter uma ideia, durante os nove meses de gestação, um bebê é geralmente exposto a cerca de 100 milirads de radiação natural do Sol e da Terra.

Em se falando de gravidez, no entanto, a conduta dos médicos costuma ser de adotar sempre o grau máximo de cautela. Por isso, embora os riscos ligados a radiografias diagnósticas sejam baixos, os especialistas recomendam que as gestantes adiem mesmo assim exames não-urgentes para depois do parto. Se o seu médico considerar que um raio x é necessário para algum problema específico, procure se tranquilizar, lembrando que a quantidade de radiação que o bebê receberá é provavelmente bem dentro do limite seguro.

No dia do exame, não deixe de mencionar que está grávida, assim poderá ser melhor protegida com uma espécie de colete de chumbo.

Se você trabalha em um ambiente próximo a fontes de radiação, converse com seu chefe sobre formas de reduzir ou eliminar a sua exposição.

No caso de ter sido submetida a sessões de radioterapia antes de saber que estava grávida, pergunte ao oncologista sobre a quantidade de radiação a que o bebê pode ter sido exposto, e converse com seu obstetra sobre possíveis exames genéticos e ultrassons mais detalhados do bebê.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)