Cassilândia, Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

18/05/2013 07:09

Governo reconhece paralisação e afirma estar em negociação com policiais civis

Notícias MS

O governo do Estado mediante decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul que declarou a ilegalidade da greve deflagrada pelos policiais civis tem como principal preocupação a prestação dos serviços e garantia da segurança pública à sociedade, bem como a manutenção integral das atividades nas delegacias de polícia.

A decisão do desembargador Paschoal Carmello Leandro, proíbe qualquer espécie de paralisação parcial e ordena o imediato retorno de todos os filiados do Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul (Sinpol/MS) às suas atividades, sob pena de multa diária no montante de R$ 40 mil, a ser paga pelo sindicato requerido.

“Mais do que nunca o entendimento se mostra o melhor caminho. De nossa parte reiteramos que o diálogo permanece aberto em nome do bem comum. Nosso compromisso continua sendo o de conceder reajuste acima da inflação, pagar em dia e assegurar as conquistas resultantes dos acordos”, reitera o governador André Puccinelli.

O governo do Estado reconhece a existência da paralisação da categoria, mas afirma que está em negociação com os policiais civis. A principal preocupação do governo é a prestação dos serviços e garantia da segurança pública à sociedade.

O movimento resultou numa adesão inferior a esperada pelos representantes do Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul (Sinpol-MS) segundo o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini. “Um balanço parcial apontou que a paralisação não atingiu a proporção pretendida pelo Sinpol”, comentou Jacini.

O governador André Puccinelli reitera que as negociações de reajuste salarial estão abertas e conclama a todos os colaboradores para ultimar os acordos e estabelecer a manutenção do diálogo entre governo do Estado e servidores públicos. “Esperamos superar as dificuldades com entendimento e bom senso até a próxima segunda-feira, dia 20”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 23 de Janeiro de 2017
Domingo, 22 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 21 de Janeiro de 2017
20:55
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Sexta, 20 de Janeiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)