Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/07/2016 09:40

Governo pretende fazer "pente fino" em benefícios previdenciários, diz Ministro

Agência Brasil

 

O governo do presidente interino Michel Temer pretende fazer, até o fim do ano, um “pente fino” nos benefícios previdenciários, em especial, no auxílio-doença para identificar possíveis falhas. Segundo o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, metade das pessoas que hoje recebem o auxilio provavelmente já poderia ter retornado ao mercado de trabalho.

“O que estamos tratando é do governo real, que consiga enxergar tudo, e isso passa por cruzamento de dados”, explicou Padilha. “No que tange ao auxilio-doença, que é dado por 15 dias e depois prorrogado para 30 dias, temos milhões de pessoas que estão recebendo o benefício por mais de dois anos. Certamente, no mínimo, a metade, está curada”, acrescentou.

De acordo com o ministro, a iniciativa tem como objetivo aperfeiçoar a gestão do governo na concessão dos benefícios. “Temos que fazer cruzamentos e vamos verificar, não só nesse item, mas em outros de prestação continuada, em que não se fez a avaliação que deveria ser feita, o recadastramento, sabemos que podemos trabalhar internamente.”

“Vamos fazer mais com menos, porque vamos racionalizar a gestão", disse Padilha. Segundo o ministro, com a gestão que será recuperada, para que não haja preocupação com o aumento do déficit fiscal previsto para este ano (R$ 170 bilhões), que foi "uma grande conquista”.

Padilha afirmou que levantamentos preliminares indicam falhas na concessão de benefícios previdenciários e que, por isso, será preciso promover uma “revisão” dos cadastros. “No que tange à Previdência Social, temos por amostragem, em todos o itens, indicadores de que devemos fazer uma revisão do cadastro, e teremos uma surpresa altamente positiva do governo. Estamos lutando por centavos e vamos ver bilhões sendo reconduzidos ao Tesouro Nacional.”

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)