Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/12/2006 07:27

Governo convoca reunião emergencial para evitar caos

O ministro da Defesa, Waldir Pires, convocou uma reunião de emergência, a ser realizada às 15h de hoje, em Brasília, com representantes das companhias aéreas, Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Aeronáutica, Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) e outros setores envolvidos com a crise da aviação. Após o caos registrado às vésperas e durante o feriado de Natal, o objetivo do encontro é definir um plano de ação para evitar que o problema se repita durante as festas de ano-novo, quando um grande número de pessoas deverá viajar novamente pelo País.

Entrevistado pelo jornal O Estado de S.Paulo, Pires disse acreditar que, no réveillon, não será necessário utilizar aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) para atender passageiros com dificuldades de embarque, como ocorreu no Natal.

"A experiência do fim de semana foi muito triste, foi algo gravíssimo. Vamos mobilizar todos os esforços para impedir que não se repita. (...) É inconcebível que tenha ocorrido isso e espero que não se repita", afirmou o ministro.

Na reunião, Pires vai analisar as conclusões iniciais de auditoria iniciada ontem pela Anac na TAM, companhia aérea que registrou o maior número de problemas com vôos nos últimos dias. A investigação, que deve ser concluída até sexta-feira, busca constatar se houve prática de overbooking (venda de passagens em número superior à quantidade de assentos disponíveis) e averiguar outros fatores que levaram ao caos nos aeroportos neste Natal. A Gol e outras aéreas também são alvo de auditoria.

Além da auditoria, a Anac está analisando mudanças na malha aeroviária, com o objetivo de reorganizar rotas e horários de vôo e desafogar o sistema - que hoje, segundo especialistas, está sobrecarregado e suscetível a graves problemas em situações emergenciais.

Segundo a Anac, nesta terça-feira houve atrasos de mais de uma hora em 23,3% dos vôos em todo o País. Das 1.206 aeronaves com pousos ou decolagens programados para o período entre meia-noite e 17h, 281 estiveram fora horário. Outros 37 vôos foram cancelados.




Terra

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)