Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/08/2013 16:43

Geada e estiagem causam até morte de bois e preço da carne sobe em MS

Aliny Mary Dias, Campo Grande News
Falta de pasto tem causado até mortes de bois no interior (Foto: João Garrigó)Falta de pasto tem causado até mortes de bois no interior (Foto: João Garrigó)

A estiagem e as baixas temperaturas que atingem várias regiões do Estado, principalmente a região sul, nos últimos 30 dias já causam impactos negativos da pecuária da região. A seca no pasto e o baixo peso no rebanho já são responsáveis pelo aumento do preço da arroba do boi em agosto.

Em todo o sul do Estado a situação preocupa, mas em Paranhos, a 469 quilômetros da Capital, a queda de 75% na produção acendeu o sinal vermelho para os produtores em razão de a cidade possuir 97% da economia dependente da pecuária.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural da cidade, Moacir João Macedo, 55 anos, há 40 dias não chove na cidade e, em menos de 30 dias, duas geadas atingiram o pasto. “Estamos totalmente sem pasto, tivemos duas geadas complicadas e os produtores estão comprando ração e milho para alimentar o gado”, diz o presidente.

Dos 46 produtores da cidade, sete deles já tiveram perdas bruscas na produção. Cerca de 30 cabeças de gado morreram por falta de alimento, segundo o sindicato. A situação deste ano é a mais precária vivida pelos produtores da região sul nos últimos sete anos.

“A última geada forte que causou impacto pra gente foi em 2007, de lá para cá não tínhamos passado por isso”, explica Moacir.

Com a queda da qualidade do rebanho, quem mais perde são os produtores de gado leiteiro. “Quem produz leite precisa do gado gordo, nossa produção já caiu 75% desde o início dessa seca”, explica o presidente do sindicato.

Para o analista de mercado, Júlio Brissac, a queda na produção da região sul causa impactos imediatos no setor em ato Grosso do Sul. Atualmente, a arroba do boi do Estado é vendida a R$ 99, valor mais alto do que o registrado em junho quando a arroba valia R$ 91 em média.

O aumento, segundo o analista, é resultado do cenário vivido nos pastos da região sul. “Estamos na entressafra e essa situação complica para as indústrias que vão ter que operar com preços mais altos. A diminuição na qualidade de pasto gera produção menor em tudo e são fatores que nos apresentam a previsão da safra de 2014 com preços mais altos”, explica Brissac.

Com o gráfico em mãos, o especialista analisa ainda que o atual cenário da produção bovina no Estado pode fazer com que o preço da arroba supere a média história de 2011. De janeiro a agosto do ano passado, por exemplo, a média do preço foi de R$ 88,75 e a média deste ano já bate os R$ 95,30.

Previsão – Segundo os dados do centro meteorológico da Uniderp/Anhanguera, na madrugada desta terça-feira (27), grande parte da região sul registrou geada. Em Paranhos, houve uma garoa fina que ainda não foi capaz de amenizar a seca no pasto.

Para os próximos dias, a previsão dos meteorologistas é que a pouca frequencia de chuvas e as baixas temperaturas continuem. Pelo menos até o dia 20 de setembro, novas frentes frias podem atingir Mato Grosso do Sul.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)