Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

24/06/2008 13:55

Fundect aprova R$ 448.286,39 para projetos da UEMS

A UEMS teve 13 projetos de pesquisa aprovados pela Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundect), o que representa 23% dos 57 aprovados no edital 02/2007, que visa apoiar a ampliação ou recuperação da infra-estrutura de pesquisa científica e tecnológica nas instituições públicas de ensino superior e/ou de pesquisa, visando dar suporte à fixação de jovens pesquisadores e nucleação de novos grupos no Estado.

O valor total disponibilizado no edital é de R$ 1.033.357,00, sendo que para a UEMS serão destinados R$ 448.286,39, que contemplam os seguintes projetos:

- Avaliação do desempenho e da qualidade de carne de bovinos Nelore, Pantaneiro e ½ Pantaneiro-Nelore, no município de Aquidauana – MS, no valor de R$ 20.700,00, sob a coordenação do professor Carlos Antonio Lopes de Oliveira;

- Desempenho zootécnico e econômico de surubins Pseudoplatystoma spp., criados em viveiros, sob diferentes densidades de estocagem, no valor de R$ 14.676,00, coordenado pela professora Cristiane Fátima Meldau de Campos Amaral;

- Caracterização de ácidos húmicos de solos da região de Dourados - MS por técnicas eletroanalíticas e espectroscopia fotoacústica, no valor de R$ 17.260,00, coordenado pelo professor Edemar Benedetti Filho.

- Padrão de crescimento e acúmulo de matéria seca em pastagens de Panicum maximum Jacq. na região do bolsão sul-mato-grossense, no valor de R$ 20.500,00, coordenado pelo professor Elson Martins Coelho;

- Potencial germinativo de diásporos produzidos por vegetação ribeirinha no município de Ivinhema-MS, no valor de R$ 11.500,00, coordenado pela professora Glaucia Almeida de Morais;

- Estoque da matéria orgânica humificada, atributos físicos, químicos e microbiológicos do solo sob diferentes coberturas vegetais, no valor de R$ 23.900,00, coordenado pelo professor Jolimar Antonio Schiavo;

- Estudo químico e biológico das folhas da espécie Piper Amalago, no valor de R$ 24.850,00, coordenado pelo professor Jonas da Silva Mota;

- Cenários estratégicos para o desenvolvimento do turismo em Mato Grosso do Sul, no valor R$ 15.000,00, coordenado pelo professor José Roberto da Silva Lunas;

- Reprodução em laboratório do camarão de água doce Macrobrachium amazonicum encontrados no Pantanal, no valor de R$ 21.745,00, coordenado pela professora Liliam Hayd;

- Níveis de Sustentabilidade Ambiental para a cultura da cana-de-açúcar em dois sistemas de manejo na região do Cerrado, no valor de R$ 11.250,00, coordenado pela professora Luciana Ferreira da Silva;

- Produção de moradias e os papéis urbanos em municípios do Vale do Ivinhema-MS (Glória de Dourados, Deodápolis, Ivinhema e Angélica), no valor de R$ 7.763,00, coordenado pela professora Mara Lúcia Falconi da Hora Bernardelli;

- Avaliação de três espécies de gramíneas forrageiras tropicais (Brachiaria brizantha cv. Marandu, Brachiaria decumbens cv Basilisk e Panicun maximum cv Tanzânia 1), sob a influência sombreamento de quatro regimes de luz no período das águas, no valor de R$ 20.910,00, coordenado pelo professor Pedro Nelson Cesar do Amaral;

- Modelagem da diversidade e composição de espécies de peixes em riachos da bacia do rio Ivinhema, no valor de R$ 24.400,00, coordenado pelo professor Yzel Rondon Súarez.

Com informações da UEMS

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)