Cassilândia, Quinta-feira, 30 de Março de 2017

Últimas Notícias

23/11/2005 17:22

Frente divulgará lista de deputados favoráveis ao aborto

Agência Câmara

O presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Vida, deputado Luiz Bassuma (PT-BA), anunciou hoje que a entidade vai realizar uma pesquisa com os integrantes da Comissão de Seguridade Social e Família para saber quem é favorável e quem é contrário à ampliação das hipóteses de aborto legal. A lista dos parlamentares que defendem a medida será divulgada à sociedade.
A pesquisa é uma das ações que serão adotadas pela frente para impedir que o substitutivo da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) ao Projeto de Lei 1135/91 seja incluído na pauta de votações da comissão. A proposta autoriza as mulheres a optar pelo aborto até a 12ª semana de gestação, sem precisar de justificativa, e até a 20ª semana, se a gravidez for conseqüência de estupro.

Divulgação em igrejas
Integrantes da frente parlamentar e representantes de entidades religiosas decidiram hoje que cópias da lista com os nomes dos deputados da comissão favoráveis à proposta serão enviadas a igrejas católicas e evangélicas, centros espíritas e outros estabelecimentos religiosos de todo o País. Luiz Bassuma informou que os deputados que não responderem à enquete serão considerados favoráveis ao projeto e terão seus nomes incluídos na relação.
O deputado Salvador Zimbaldi (PSB-SP) manifestou apoio à iniciativa. "Se um deputado não votar contra o aborto por convicção, então que vote por medo [de figurar nas listas]", disse.
Elimar Máximo Damasceno (Prona-SP) afirmou que a mobilização dos grupos contrários ao aborto ainda está apática em comparação com a dos favoráveis ao PL 1135/91. Damasceno estima que 70% dos deputados da Comissão de Seguridade sejam favoráveis à proposta.

Manifesto
Até o final do ano, a frente parlamentar pretende entregar ao presidente da Câmara, Aldo Rebelo, manifesto contra o aborto, que já reúne 1,4 milhão de assinaturas. "Faremos a entrega do documento após uma vigília que reunirá católicos, evangélicos e espíritas", disse Damasceno.
Além dessas ações, o deputado Nazareno Fonteles (PT-PI) defende a estratégia de protelar a votação do projeto que legaliza o aborto. O parlamentar avalia que muitos deputados não terão coragem de votar a favor do aborto no ano que vem, em que haverá eleições, o que dará tempo aos parlamentares e organizações não-governamentais contrárias à proposta para mobilizar a sociedade.

Em seminário previsto para o próximo dia 7, a frente parlamentar debaterá as razões de ordem moral, científica, religiosa e jurídicas para a não legalização do aborto.


Reportagem - Edvaldo Fernandes
Edição - Rejane Oliveira


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 30 de Março de 2017
Quarta, 29 de Março de 2017
20:34
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)