Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/12/2004 13:54

Fetems participa da Marcha a Brasília

ACS - FETEMS

Um grupo de 19 trabalhadores em Educação fez parte da delegação de Mato Grosso do Sul presente à Marcha a Brasília “Por um Salário Mínimo Digno”, de 13 a 15 de dezembro, organizada pela CUT/MS – Central Única dos Trabalhadores. A manifestação nacional foi promovida pelas centrais sindicais e representantes de sindicatos e federações de todo o país.

De acordo com Adriana Banar da Silva Pleutin, secretária de Comunicação da Fetems – Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul – o movimento foi bastante positivo, pois mostrou que os trabalhadores estão atentos e comprometidos com as questões que dizem respeito ao seu cotidiano. “Embora a reivindicação dos manifestantes fosse de R$ 320,00, o governo havia previsto no orçamento 2005 apenas R$ 283,00, por isso consideramos que a vitória foi dos trabalhadores”.

A partir de maio de 2005, o salário mínimo passa a R$ 300,00, o que representa um reajuste de 15,4%. O aumento real, isto é, o reajuste menos a inflação, será de 9,3%. O anúncio foi feito pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e as informações divulgadas pelo ministro do Trabalho, Ricardo Berzoini, após a reunião com os representantes das principais centrais sindicais do país, no dia 15 de dezembro.

O Executivo também vai criar uma comissão integrada pelo governo, trabalhadores, empresários e aposentados do INSS - Instituto Nacional do Seguro Social - para discutir uma "política de recuperação sustentável" do mínimo, que deve ajudar a definir os reajustes dos próximos anos. A formação dessa comissão foi proposta pela CUT e, segundo o seu presidente, Luiz Marinho, foi um outro avanço somado às discussões sobre o reajuste do salário mínimo se dar com antecedência, ao contrário de anos anteriores.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)