Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/06/2008 06:09

Ferrugem Asiática: Produtores de MS já calculam perdas

Fabiane Sato


Os produtores rurais de São Gabriel do Oeste já calculam possíveis perdas com a Ferrugem Asiática. Na última safra, os sojicultores da região perderam 40% de sua produção com a doença, conforme explicou o Doutor em Fitopatologia e consultor de agronegócio José Tadashi Yorinori. O consultor esteve em São Gabriel do Oeste na quarta-feira, recolhendo amostras de plantas de soja para observar o fungo.

“É uma doença difícil de ser exterminada porque é propagada pelo vento e o MS tem outro agravante: a proximidade com a Bolívia, que não tem o vazio sanitário e planta soja o ano todo”, comentou o pesquisador. Ele alertou que os produtores rurais do Estado já calculam perdas de 15% de produtividade para o Estado.

Yorinori será o palestrante do 1º Seminário sobre Ferrugem Asiática. Ele abordará as estratégias de monitorame nto e controle da doença. O evento é realizado pela Federação da Agricultura e Pecuária de MS (FAMASUL) e pela Aprosoja e conta com o apoio da Iagro, Embrapa e Fundação MS. O consultor é graduado em Agricultura Geral pela Universidade Federal do Paraná (1967), com mestrado em Fitopatologia pela Cornell University (1971) e doutorado em Fitopatologia pela University of Illinois (1980). Com larga experiência na área de Agronomia, especialmente em Fitossanidade, o pesquisador vai discorrer sobre as estratégias de monitoramento e controle da ferrugem asiática.

Investimentos
Por conta da doença, Yorinori acredita que os produtores terão que desembolsar ainda mais recursos que na safra anterior. “Geralmente, o valor gasto com insumos para combate a ferrugem é de uma saca por hectare, mas não podemos nos esquecer que outros produtos necessários para o manejo já aumentaram em mais de 100%. Os preços da saca subiram, mas o produtor precisa saber qual o custo total para saber se teve prejuízo”, afirmou.

Na safra 2007/! 2008, em São Gabriel do Oeste, a ferrugem asiática foi a responsável pela perda de 100 mil toneladas de soja, desempenho 40% inferior à safra passada. No Estado, conforme os dados do IBGE, as perdas na colheita foram de quase 5%, sendo que na safra 2006/2007 foram colhidos 4,85 milhões de toneladas, e na safra seguinte a produção para 4,6 milhões.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)