Cassilândia, Domingo, 31 de Maio de 2020

Últimas Notícias

05/01/2019 18:00

Família que acolheu duas crianças perdeu tudo em incêndio e pede ajuda

Campo Grande News
Zulema, 62, chora pelo fogo que queimou o filho e a fez perder tudo que tinha (Foto: Campo Grande News)Zulema, 62, chora pelo fogo que queimou o filho e a fez perder tudo que tinha (Foto: Campo Grande News)

O incêndio que atingiu uma residência, na tarde desta sexta-feira (4), no bairro Polonês, região entre a Avenida Nelly Martins e o Carandá Bosque, destruiu a casa que havia sido construída há 25 anos. As chamas também deixaram em estado grave uma criança de 8 anos, que foi internada na Santa Casa com 85% do corpo queimado. Sem ter onde morar e precisando de ajuda, a família de 6 pessoas precisa de doações para reconstruir a casa.
Quem ajudou, agora precisa de ajuda - Isso porque os dois filhos de 7 e 8 anos de Zulema Pereira da Silva, 62, foram acolhidos pela família, são filhos por adoção. Além das crianças, ela vivia na casa com o marido de 54 e os sobrinhos de 12 e 17. Agora, está abrigada em um quarto na casa de uma vizinha, sem ter para onde ir. Da casa onde morava, feita de madeira, só restou um quarto nos fundos e tudo que estava dentro da residência foi perdido em meio ao fogo.

O Corpo de Bombeiros interditou o local, por risco de desabamento. A família precisa de itens para a casa e qualquer material de construção pode ajudar. O companheiro de Zulema, que acompanha o filho na Santa Casa, está afastado do trabalho pelo INSS (Instituto Nacional de Seguro Social). Enquanto isso, o irmão de 7 anos pede para a mãe para voltar para casa, além de perguntar do pai e do irmão.

Os vizinhos já conseguiram ajuda para trabalhar na construção, mas é necessário materiais. Uma amiga que morava ao lado da família, Janaína Brito, compartilhou fotos e vídeo com pedido de ajuda, no Facebook, e a postagem já tem 83 compartilhamentos.

Brincadeira com isqueiro – Uma brincadeira com isqueiro pode ter iniciado o incêndio, acredita a mãe. Na tarde de ontem, o menino de 8 anos dormia no sofá quando o incêndio começou. O irmão, de 7, brincava com o isqueiro, quando a mãe tirou o objeto da mãe da criança e foi costurar no quarto.

Foi então que o incêndio teria começado e Zulema acredita que a criança de 7 anos teria incendiado algum objeto antes que o isqueiro fosse retirado. Ela foi alarmada pelo sobrinho de 17, que dormia no quarto e começou a gritar.

Com a casa despencando rapidamente, toda a família deixou o local, mas o menino de 8 anos não conseguiu sair, e gritava por socorro. Em meio à invisibilidade provocada pelo excesso de fumaça, um vizinho conseguiu retirar a criança da casa.

Como posso ajudar – Para ajudar a família, basta ligar nos números (67) 99870-5121 e (67) 98194-9923.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 30 de Maio de 2020
Sexta, 29 de Maio de 2020
18:05
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)