Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/09/2008 14:57

Exército ocupa quatro favelas do Rio com dois mil homens

Vitor Abdala/ABr

Rio de Janeiro - Cerca de dois mil homens da 9a Brigada de Infantaria Motorizada e da Brigada de Infantaria Pára-quedista do Exército estão ocupando desde as 9h de hoje (21) as favelas do Jacarezinho, na zona norte do Rio, e da Carobinha, Antares e Barbante, na zona oeste. As tropas, que participam da Operação Guanabara, de combate a crimes eleitorais, permanecerão nessas comunidades até terça-feira (23).

Segundo o porta-voz da operação, coronel André Luiz Novaes, assim como aconteceu nas outras 13 favelas que foram ocupadas anteriormente pelo Exército, fiscais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RJ) estão aproveitando a presença das tropas para reprimir a propaganda eleitoral ilegal nas favelas. “O início da operação foi muito calmo, assim como nos outros dias. Sem problemas”, afirmou Novaes.

De acordo com o coronel, as próximas áreas a serem ocupadas pelo Exército são Gramacho e Lixão, no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Essas duas áreas ficarão sob a responsabilidade da 4a Brigada de Infantaria Motorizada, de Minas Gerais, sediada em Juiz de Fora. A Operação Guanabara foi iniciada no dia 11 de setembro, a pedido do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)