Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/06/2013 16:31

Ex-Santos, zagueiro de Paranaíba deve assinar com o Fluminense

Daniel Castro, Jornal Tribuna Livre
Ex-Santos, zagueiro de Paranaíba deve assinar com o Fluminense

A carreira de jogador de futebol não é fácil, mas o jovem paranaibense Emanuel Oliveira Freitas, com 18 anos recém-completos, segue na batalha e garante nunca desistir. Com uma passagem pelo Santos, o zagueiro vive a expectativa de assinar contrato com o Fluminense, onde está há três meses.

Desde sempre o futebol está na vida de Emanuel, porém os primeiros passos mais sérios começaram no CAP (Clube Atlético Paranaibense), com 10 anos. Ele não tinha muita vontade de jogar, porém os amigos o incentivaram, o gosto surgiu e não parou de crescer. Com o passar do tempo, foi adquirindo experiência e participando de campeonatos, o que fez a paixão pelo esporte aumentar ainda mais.

Depois do CAP, ele passou pelo Votuporanguense, onde jogou o Campeonato Paulista, e Novo Hamburgo (do Rio Grande do Sul), até chegar no Santos, clube onde mais evoluiu. Após um ano e dois meses do time da baixada, ele foi para o Fluminense.

Hoje, Emanuel tem um contrato de risco (de três meses) com o clube carioca e está muito confiante para a assinatura do seu contrato como profissional. “Quero dar melhores condições para a minha família”, desejou o atleta, que está bem fisicamente e psicologicamente. Ele contou que tem treinado forte e participado de alguns jogos, na maioria das vezes como titular.

O jogador aproveitou alguns dias de folga e passou o seu aniversário (dia 30 de maio) ao lado da família, em Paranaíba, e conversou com o Tribuna Livre. Ele lembrou que deixou o Santos porque a concorrência na sua posição é grande. O clube também, segundo ele, estava demorando a tratar das questões de seu contrato como profissional.

Quando foi aprovado no Santos, o zagueiro assinou contrato com um empresário de um grande grupo que cuida da carreira de jogadores. Com o contrato, o empresário ajuda o jogador e sua família. “É uma pessoa que eu tenho que agradecer muito porque está me ajudando a crescer na vida”, contou.

Emanuel destacou ainda que tem muito a agradecer às pessoas que o ajudaram em Paranaíba, principalmente o professor Dalvo Antônio da Silva. “Ele me levantou para o mundo do futebol”, disse. O jogador também lembrou do professor Nelson Vieira Torres (Nelsinho, da Estadual Aracilda Cícero Corrêa da Costa) e do treinador Manoel Augusto (Manezinho do CAP). “Nem posso citar muitos nomes para não correr o risco de esquecer ninguém, mas agradeço todos que me ajudaram”, falou.


Autor: Jornal Tribuna Livre Online

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)