Cassilândia, Terça-feira, 26 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

13/10/2006 07:46

Estatísticas revelam partidos com maior votação nacional

TSE

Estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revelam, nesta quarta-feira (11), os partidos que obtiveram o maior número de votos, considerando-se o total nacional, para quatro dos cinco cargos disputados nessas eleições de 2006. Foram eleitos 1.035 deputados estaduais, 24 deputados distritais, 513 deputados federais, 27 senadores e 17 governadores. A disputa para a Presidência da República e para o governo de mais dez estados será definida no dia 29 de outubro.

Embora não tenha formado a maior bancada federal, o Partido dos Trabalhadores (PT) obteve o maior percentual de votos válidos para deputado federal. Com 13.989.859 votos, o PT atingiu 15,01% do total nacional de votos válidos para o cargo: 93.190.484. O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) recebeu 13.580.517 votos (14,57% do total nacional). Entretanto, devido à regra do quociente eleitoral, o PMDB elegeu 89 deputados e o PT, 83.

Na disputa para o governo dos estados, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) obteve o maior percentual do total de votos válidos para o cargo em todo o país: com 28.124.381, alcançou 30,14% do total de votos nacionais.

O Partido da Frente Liberal (PFL) elegeu o maior número de senadores e obteve o maior número de votos válidos frente ao total nacional para o cargo: foram 21.653.812 votos (25,66% do total do país).

Na disputa para deputado estadual, o PSDB obteve 14.571.332 votos, equivalente a 15,81% dos votos válidos para o cargo em todo o país. E na eleição para deputado distrital, o PFL obteve o maior número de votos: 15,21% do total de votos para o cargo.

Quociente eleitoral

O quociente eleitoral, previsto no Código Eleitoral, define os partidos e/ou coligações que terão direito a ocupar as vagas em disputa nas eleições proporcionais, nos níveis federais, estaduais e distrital. "Determina-se o quociente eleitoral dividindo-se o número de votos válidos apurados pelo de lugares a preencher em cada circunscrição eleitoral, desprezada a fração se igual ou inferior a meio, equivalente a um se superior" (Código Eleitoral, artigo 106).

Eleição para governador

O total de votos válidos para o cargo, em todo o Brasil, chegou a 93.287.386. O PSDB obteve o maior número de votos válidos para o cargo: 28.124.381 votos (30,14% do total nacional). Com esse número, elegeu 4 governadores.

Em segundo lugar, vem o PT, com 20.472.045 (21,94%), que elegeu 4 governadores. Em seguida, vem o PMDB com 16.813.195 votos (18,023% do total nacional). Assim, elegeu 4 governadores. Em quarto lugar, ficou o PFL com 7.251.151 (7,77% do total nacional). Com isso, elegeu um governador. Em quinto, ficou o PDT com 4.439.422 votos (4,759% do total nacional. Elegeu um governador.

Senador

O total de votos válidos apurados para o cargo de senador foi de 84.383.805. Os cinco melhores resultados são: Partido da Frente Liberal (PFL) com 21.653.812 votos (25,66% do total de votos válidos) e seis senadores eleitos. Partido dos Trabalhadores (PT), com 16.222.159 votos (19,22%) e dois senadores eleitos. Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), com 10.547.778 votos (12,50%) e cinco senadores eleitos. Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) com 10.148.024 votos (12,06%) e quatro senadores eleitos. Partido Comunista do Brasil (PCdoB), com 6.364.019 (7,54% do total de votos) e um eleito.

Deputado federal

O total de votos válidos para o cargo de deputado federal alcançou 93.190.484. Depois do PT e do PMDB, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) ficou em terceiro lugar como o mais votado para esse cargo. Recebeu 12.691.043 votos para deputado federal. O número corresponde a 13,61% do total de votos válidos para o cargo. Foram 10.918.602 votos nominais e 1.772.441 votos para a legenda.

Em quarto lugar, está o Partido da Frente Liberal (PFL), que recebeu 10.182.308 votos para deputado federal em todo o país, sendo 9.608.001 votos nominais e 574.307 votos para a legenda. O número equivale a 10,92% do total de votos válidos para deputado federal em todo o país.

Apesar das diferenças na totalização de votos para deputado federal em todo o país, em que o PSDB obteve maior número de votos, a legenda tucana e o PFL elegeram o mesmo número de deputados: 65.

Em quinto lugar, vem o Partido Progressista, que obteve 6.662.309 em todo o país, sendo 6.285.973 votos nominais e 376.336 votos para a legenda. O número corresponde a 7,14% do total de votos válidos em todo o país para deputado federal. Com esses votos, o PP elegeu 42 deputados federais.

As legendas que obtiveram o menor número de votos para deputado federal foram: Partido da Causa Operária (PCO), que recebeu 29.083 votos – 0,031% do total -, sendo 13.346 votos nominais e 15.737 votos para a legenda; Partido Comunista Brasileiro (PCB), que recebeu 64.766 votos – 0,069% do total -, sendo 18.003 votos nominais e 46.763 para a legenda.

O Partido Social Democrata Cristão (PSDC) recebeu 354.217 votos válidos, sendo 321.157 votos nominais e 33.060 votos para a legenda, equivalente a 0,38% do total nacional, mas não conseguiu eleger nenhum deputado.

Em compensação, o Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB), que conseguiu 0,33% do total de votos válidos para deputado federal nacional – 311.833 (sendo 271.815 votos nominais e 40.018 para a legenda), conseguiu eleger um deputado federal pelo Rio de Janeiro.

Deputado estadual

Foram eleitos 1.035 deputados estaduais em todo o país. Nesse cargo, o partido que conseguiu a melhor votação, em todo o país, foi o PSDB, alcançando 14.571.332 votos, isto é, 15,81% dos votos. O total nacional de votos válidos para deputado estadual chegou a 92.114.775.

O segundo partido mais votado, para esse cargo, foi o PT, com 11.931.022 votos (12,95% do total nacional). Em seguida, vem o PMDB, que totalizou 11.914.809 votos (12,93% do total nacional). O PFL obteve 9.473.011 votos (10,28% do total nacional), ficando em quarto lugar. Em quinto, ficou o Partido Democrático Trabalhista (PDT), que alcançou 6.078.009 votos (6,59% do total nacional), entre os mais votados para as Assembléias Legislativas dos 26 estados.

Em contrapartida, o PCO foi o que obteve o menor número de votos nas eleições para deputado estadual, apenas 25.381 (0,028%) em toda a nação. Em segundo lugar entre os menos votados está o PCB, com 90.378 votos (0,098%). O PSTU obteve 95.775 votos (0,104%), em seguida vêm o Partido Republicano Brasileiro (PRB), que alcançou 226.044 votos (0,245%) e o PTN, que teve 387.288 votos (0,420%).

Deputado distrital

Nas eleições para as 24 vagas de deputado distrital para a Câmara Legislativa do Distrito Federal, o partido que obteve mais votos foi o PFL, com 15,21% do total distrital (202.215 votos). Em todo o Distrito Federal, houve 1.328.666 votos para o cargo.

Em segundo lugar, ficou o PT, com 14,053% do total de votos distritais (186.717). O terceiro partido mais votado foi o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), totalizando 176.718 votos (13,30% dos votos distritais). Ocupando o quarto lugar dos mais votados na disputa para deputado distrital, está o PSDB, com 113.773 votos (8,56% dos votos válidos). O quinto partido com maior número de votos para o cargo foi o PTB, com 86.952 votos (6,54% do total distrital).

Os cinco partidos que obtiveram menor número de votos para a Câmara Legislativa do DF foram o Partido Trabalhista Nacional (PTN), com 114 votos (0,009%); Partido da Causa Operária (PCO), com 534 votos (0,040%); em seguida está o PSTU, com 614 votos (0,046%). O Partido Comunista Brasileiro (PCB) teve 616 votos (0,046%) e, por fim, o Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), com 775 votos (0,058%).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 26 de Setembro de 2017
Segunda, 25 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 24 de Setembro de 2017
18:01
Município suspende aulas
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)