Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/10/2005 10:15

Equipe técnica de MS pede que embargo seja parcial

Fernanda Mathias/Campo Grande News

O secretário de Produção de Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira, o diretor da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), João Cavalléro, o presidente da Famasul (Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul), Leôncio de Souza Brito e o superintendente da SFA (Superintendência Federal de Agricultura), José Antônio Felício, estão entrando neste momento em reunião com o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, em Brasília (DF), agendada com secretários de Agropecuária de todos os Estados para discutir o foco de febre aftosa confirmado no último sábado em Eldorado, a 435 quilômetros de Campo Grande.
Cavalléro afirma que Mato Grosso do Sul vai defender que a área atingida pelo foco está sob domínio e interditada. “E vamos solicitar que atendam normativas de restrições do Ministério, que pediu que o fechamento nos cinco municípios do entorno”, afirma. A idéia é que os estados desfaçam o embargo total à carne e ao boi de Mato Grosso do Sul, imposto por exemplo por São Paulo e Paraná. Hoje 90% da carne e animais produzidos saem para outros Estados. A Iagro investiga outros dois focos, um em propriedade de Eldorado mesmo e outro em Japorã. Só análises laboratoriais mostrarão se os animais estão ou não contaminados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)