Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/11/2015 15:18

Em assembléia, investigadores da Polícia Civil decidem entregar as chaves

Hermezes Cortes

Os investigadores da Polícia Civil de todo o estado de Mato Grosso do Sul, decidiram hoje em Assembléia Geral Extraordinária, entregar as chaves das celas que ficam nas Delegacias aos respectivos delegados de polícia até a próxima terça-feira. A decisão foi motivada pelo assassinato de um colega de profissão em Pedro Gomes, ocorrido na última quarta-feira.

A confirmação foi dada agora há pouco ao Cassilândia Notícias pelo presidente do SINPOL/MS - Sindicato dos Policiais Civís do Estado de Mato Grosso do Sul - Giancarlo Correia Miranda.

Segundo o membro do Conselho Fiscal do Sindicato, Antônio Messias de Oliveira Cortes, a responsabilidade da custódia dos presos em delegacias no estado ficará a cargo dos Delegados de Polícia, até nova decisão da categoria que será tomada na próxima sexta-feira, quando o Sinpol/MS se reunirá com o Governo do Estado pela manhã e, a no período noturno, fará nova assembléia extraordinária.

"O principal problema, além da falta de segurança e do excesso de presos nas Delegacias, é o fato de que os investigadores de polícia, ao serem obrigados a custodiar os presos provisórios, estão em desvio de função, uma vez que foram aprovados em concurso público para serem investigadores de polícia e não carceireiros", disse Antônio Messias.

Tragédia anunciada

Em coletiva de imprensa realizada nesta semana, o Sinpol-MS alertou sobre o risco a que os policiais civis se expõem ao custodiar detentos e apresentou dados que comprovam o cenário caótico da custódia de presos nas delegacias de polícia em Mato Grosso do Sul. Das 51 delegacias, 29 estão com ocupação entre 12,50% a 450% excedente em sua capacidade. Na delegacia de Pedro Gomes constam 10 presos custodiados.

“Inúmeras vezes alertamos sobre o risco a que os policiais se expõem ao desempenhar uma tarefa para qual não foram treinados. O policial civil forma-se na academia para investigar, realizar prisões e elucidar crimes, não para custodiar presos. Nós cobramos das autoridades competentes que comecem imediatamente a retirada dos detentos das delegacias ou que coloquem agentes penitenciários dentro das unidades, pois eles são os profissionais que possuem essa função. Até quando esperaremos que os policiais civis paguem com suas vidas o descaso das autoridades?”, enfatizou o presidente do Sinpol-MS, Giancarlo Miranda.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)