Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

16/08/2007 05:35

Dois são condenados por participar de assassinato

TJGO

O armador André Luiz Felix Ferreira, de 24 anos, foi condenado ontem (15) pelo 1º Tribunal do Júri de Goiânia, a 12 anos de reclusão, por ter participado do assassinato do almoxarife Mário Ângelo Brandão de Jesus Silva, 24. Durante o julgamento, André Luiz acabou absolvido da acusação de envolvimento nas lesões corporais provocadas na estudante Katiane de Souza Matos, 23. Os fatos ocorreram em 7 de julho do ano passado, no Parque Ateneu, em Goiânia. Em sessão realizada ontem (14) pelo mesmo Tribunal, o auxiliar de serviços gerais Genivaldo Souto Santana, 26, foi condenado a 15 anos de prisão, pela morte de Mário Ângelo, e absolvido também da acusação de ter ferido Katiane.

Os réus vão cumprir a pena em regime inicialmente fechado, na Penitenciária Odenir Guimarães, antigo Cepaigo. O juiz Jesseir Coelho de Alcântara, que presidiu os julgamentos, determinou que o armador permaneça em liberdade, enquanto aguarda o trânsito em julgado da sentença (quando não há mais recurso), vez que não apresenta prisão preventiva anteriormente decretada e porque sempre respondeu aos chamados judiciais. O juiz informou que tal benefício não pode ser concedido a Genivaldo, por ele ter sido condenado por crime hediondo, além de ser reincidente (condenado a 4,5 anos por furto e roubo a mão armada).

Crime

Segundo o Ministério Público de Goiás (MP), no dia do crime, os réus, ao saberem que Mário Ângelo havia ido para a Feira do Parque Ateneu, foram de moto até o local, com o intuito de executá-lo. Ao chegarem à feira, Genivaldo foi ao encontro do almoxarife e sem dar-lhe nenhuma oportunidade de defesa, desferiu vários tiros, matando-o e ferindo Katiane. Após os disparos, o auxiliar saiu do local com André Felix, que o esperou para lhe dar fuga. Conforme a denúncia, Genivaldo e Mário Ângelo tornaram-se inimigos, em razão de o almoxarife ter matado o irmão do auxiliar em agosto de 2003. Ainda de acordo com o MP, em certa oportunidade Genivaldo, que já tinha prometido vingar-se da morte do irmão, tentou contra a vida de Mário Ângelo, deixando-o com dificuldades para andar. Consta dos autos que o almoxarife cumpria pena no regime semi-aberto, pelo assassinato que cometera.

Ao ser interrogado, André Luiz negou que tivesse participado do fato, alegando que naquela ocasião estava na feira, com a namorada, quando avistou Genivaldo do outro lado da rua lhe pedir carona, e que este, ao longo do trajeto não comentou nada do que fizera. Ele falou que só soube da morte de Mário Ângelo no instante em que retornou à feira, pois todos comentavam que Genivaldo havia vingado a morte do irmão. Por sua vez, Genivaldo confessou o crime, mas disse que ao se encontrarem (ele e Mário Ângelo) na feira, a vítima começou a agredi-lo primeiro e que só depois pegou a arma de um amigo, que estava ali, e atirou. Em seu depoimento ele comentou o fato de que Mário Ângelo vivia falando que iria matar o resto da família. Genivaldo afirmou estar arrependido do crime e que nunca pensou em vingança. (Sheila Cavalcante)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)