Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/12/2009 15:40

Deputados aprovam projeto de lei da pesca com alterações

Edivaldo Bitencourt, Campo Grande News

Os deputados estaduais aprovaram, após um amplo debate, o projeto de lei da pesca, que libera a utilização de petrechos nos rios de Mato Grosso do Sul. A proposta passou com alterações, como a que limita a utilização de anzol de galho, joão bobo e bóia fixa apenas para a temporada de pesca de 2010.

Após ser aprovado em plenário em segunda votação, o Projeto de Lei 119/09, do Poder Executivo, que dispõe sobre a pesca e a aqüicultura e estabelece medidas de proteção e controle da ictiofauna, voltará a ser analisado pela CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação).

A comissão analisará o mérito constitucional de duas emendas apresentadas na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável pelos deputados Paulo Corrêa (PR) e Jerson Domingos (PMDB). Se for aprovada, o projeto de lei segue para votação em redação final.

Na sessão desta terça-feira, o deputado Júnior Mochi (PMDB) defendeu a proposta do Governo. Ele citou dados da Polícia Militar Ambiental de que em 2007 51% das 645 toneladas de peixes foram retiradas da Bacia do Alto Paraguai pelos pescadores amadores.

Paulo Duarte (PT), que é totalmente contra a manutenção da pesca profissional, destacou que a atividade está em extinção no mundo e o poder público deverá se preparar oferecer alternativas de geração de renda aos profissionais.

Jerson Domingos destacou que a proposta faz mais restrições em relação ao Governo federal, como a de reduzir o número de petrechos de 20 para 10 unidades.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)