Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/03/2007 19:44

Deputados ameaçam com CPI contra aumento da energia

Campo Grande News

Os deputados estaduais encontraram uma maneira de tentar “ressuscitar” a CPI da Enersul, criada para averiguar os reajustes na tarifa da energia no Estado, a mais cara do País. A solução foi resultado de uma consulta ao dicionário.

A CPI da Enersul foi barrada em agosto de 2006 porque o TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) entendeu que a Assembléia Legislativa não tinha competência para “fiscalizar” a empresa. A solução encontrada pelos parlamentares - segundo o deputado Zé Teixeira (DEM, antigo PFL) - seria criar uma nova CPI usando o termo “investigação” ao invés de “fiscalização”. A mudança não alteraria o direcionamento da comissão.

A suposta solução surgiu na reunião desta tarde entre o governador André Puccinelli (PMDB) e os deputados estaduais, na presidência da Assembléia Legislativa.

No encontro, o governador anunciou que agendou uma reunião com um representante da Enersul para a próxima segunda-feira. Seria mais uma oportunidade para a empresa se posicionar antes dos deputados apresentarem pedido de criação de uma “nova” CPI. Deputados dizem que a reunião ainda não tem hora e nem local definidos.

Governador, deputados federais, estaduais e secretários de Mato Grosso do Sul fizeram ontem visitas em massa ao Ministério das Minas e Energia e a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

“Tudo isso é uma forma de pressão para termos a tarifa zero”, admitiu o deputado democrata. “O interesse de todos nós é esse porque a energia é a mais cara do Brasil e a 6º maior do planeta”.

O deputado Amarildo Cruz (PT) diz que tanto Aneel e Enersul informaram a “impossibilidade de reajuste zero”. Ele confirmou que a Assembléia cogita o ressurgimento da CPI, que teria apoio de deputados da situação à oposição. “Neste momento, não há oposição; o assunto interessa a todos”, disse.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)