Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

23/06/2013 10:18

Deputado propõe uso de pulseiras de identificação em pacientes da rede de saúde

Leonardo Rocha, Campo Grande News

O projeto do deputado Márcio Fernandes (PT do B), que está em tramitação na Assembleia, propõe a adoção de pulseiras de identificação em pacientes das redes de saúde pública e privada do Mato Grosso do Sul. De acordo com ele, acontecem diversas ocorrências de “troca” de medicamentos ou até erros de procedimentos médicos por falta de identificação dos pacientes.

A proposta prevê que todos que estiverem em sistema de observação, internação ou qualquer outro procedimento em unidades de saúde devem utilizar esta “pulseira”, que terá o nome do paciente, idade, ala em que está sendo atendido e nome do médico responsável, junto com o logotipo da instituição de saúde. “Frequentemente aparecem casos de erros que inclusive causaram mortes por falta deste atributo”, diz o projeto.

Segundo o deputado, a Fenafar (Federação Nacional dos Farmacêuticos) publicou um estudo que afirma que hospitais erram na administração de medicamentos em 30% dos casos. “Não podemos deixar de notar que existe superlotação nas unidades de saúde, onde pacientes permanecem por períodos superiores aos recomendados por lei, em leitos improvisados e macas nos corredores”, destaca.

No projeto, o deputado afirma que o custo será baixo as unidades e que o uso destas pulseiras tem se mostrado eficiente em várias unidades hospitalares do país, entre elas o Hospital 9 de Julho, em São Paulo, e Hospital São Bernardo em Colatina. Caso o projeto seja aprovado, a lei entra em vigor em 90 dias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)