Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/10/2007 13:46

Delcídio está fora do páreo da sucessão na capital

Graciliano Junior/Campo Grande News

O senador Delcídio do Amaral (PT) anunciou nesta terça-feira que não irá transferir o título eleitoral de Corumbá para Campo Grande e que, portanto, não será candidato à sucessão do prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), como antecipou ontem o Campo Grande News.

A decisão estava tomada desde o final de semana, mas o anúncio foi protelado até hoje, um dia após a reunião que o senador teve com os principais caciques políticos de seu partido. Com Delcídio fora do páreo em 2008, o PT volta à estaca zero na busca por um candidato a prefeito.

Delcídio desfilou um rosário de justificativas para cair fora da disputa: desde uma pesquisa interna que apontou que a candidatura na capital o desgastaria em Corumbá (sua terra natal, onde obteve 83% dos votos para o governo em 2006) até a pressão do Planalto por manter todos os senadores do PT por conta da crise do Senado.

As razões políticas que parecem mais fortes, no entanto, estão relacionadas ao forte clima de desconfiança recíproca que ainda paira em sua relação com o ex-governador Zeca do PT.

“Não dá para dizer que eu não confio no São Paulo Futebol Clube, você pode não confiar no [meia] Jorge Vagner, mas nunca no clube”, comparou, ao ser perguntado se ele tem confiança que o PT entraria com todo o peso político em uma candidatura sua.

Delcídio admitiu que os problemas internos ainda atrapalham a unidade do partido. “O PED (eleição interna do PT) de 2005 deixou seqüelas até agora intransponíveis, não conseguimos eliminar ainda as seqüelas e eu sei o que é fazer campanha com o partido dividido”, disse o senador, comparando com a campanha do ano passado quando disputou e perdeu o governo do Estado.

E estocou Zeca do PT, ao considerar um cenário no qual o ex-governador dispute a prefeitura de Campo Grande: “Eu entraria de cabeça [na campanha] até porque sou uma pessoa partidária e leal”.

O senador também aproveitou a entrevista coletiva para aplicar uma vacina contra possíveis críticas futuras por não ter aceitado disputar a prefeitura: “Meu compromisso com o partido era ser candidato a governador”.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)