Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/09/2005 17:28

Delcídio diz que superou divergências internas no PT

Inara Silva e Fabiana Silvestre/Campo Grande News

O senador Delcídio do Amaral afirmou neste sábado que se sente esclarecido com a conversa que teve com o governador Zeca do PT e lideranças do partido, em Campo Grande. O senador classificou o diálogo como leal e sincero. “Dirimi minhas dúvidas. Estou absolutamente esclarecido. Na vida é assim”, explicou o senador ao ser questionado sobre porque mudou seu posicionamento. Recentemente, Amaral disse que se sentia traído no partido, que estaria sendo vítima do que qualificou como fogo amigo dentro do PT – Amaral mencionou que lideranças do PT estariam se aproximando dos peemedebistas com vistas à eleição de 2006. Conforme o senador, esse assunto “está sendo superado”.
No encontro, Zeca rechaçou qualquer possibilidade de aproximação com o PMDB. “Nunca passou pela nossa cabeça trair nossa história. Nem mesmo a sociedade, nem a militância aceitariam isso”, disse.
Amaral, no entanto, evitou responder se o projeto político de ser candidato ao Governo Estado pode ser somente realizado pelo PT. “Sou candidato e estou fazendo um esforço enorme por um projeto político para Mato Grosso do Sul”, disse. O senador vem sendo sondado por tucanos, PFL, PDT. Até mesmo o presidente da Assembléia Legislativa, Londres Machado (PL), disse que seria uma “honra” ter Amaral nos quadros liberais. Na sexta-feira, Amaral disse ao Campo Grande News que estava “refletindo” convite para se filiar ao PDT. Hoje, após a reunião com o governador Zeca e lideranças da sigla, disse que considerava natural o assédio dos partidos.

Líderes - O secretário estadual de Gestão Pública, Ronaldo Franco, e o deputado federal Vander Loubet, afirmaram hoje que não vão trair o senador Delcídio Amaral ao apoiar outro nome para disputar o Governo do Estado. Loubet, apontado como um dos que estariam flertando com o PMDB, negou hoje qualquer aproximação dos principais rivais políticos no Estado. O deputado também defende que o senador assuma o comando do PT-MS e disse que o grupo político ligado a ele estaria disposto a retirar o apoio à reeleição do atual presidente, Mariano Cabreira, para apoiar Amaral. “Ele [Amaral] é o nosso candidato”, disse. Franco reiterou que Amaral é o candidato “de todos os petistas”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)