Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/12/2008 12:43

Delcídio diz que orçamento traz segurança ao país

Cadú Bortolotto, assessoria

O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) disse nesta terça-feira, 30 de dezembro, que a sanção do presidente Lula ao Orçamento da União de 2009 dá ao governo os instrumentos necessários para começar o ano de forma tranqüila e segura, com os ministérios sabendo quanto, como e onde investir os recursos provenientes dos impostos arrecadados junto à sociedade.

“Sem dúvida alguma é um fato para o Brasil comemorar. Esta é a segunda vez em 20 anos que o governo federal consegue ratificar a previsão de recursos no ano anterior à sua execução. Apenas em 1997 o Congresso tinha conseguido aprovar a proposta orçamentária dentro do prazo estabelecido pela Constituição (até dezembro), mas naquela época ninguém falava em cortes ou em crise. Agora,tivemos que adequar a proposta inicial enviada pelo governo ao quadro de dificuldades que se avizinha em função da crise financeira internacional. E é importante destacar que o texto final aprovado no Congresso dá ao governo mecanismos para enfrentar os prováveis efeitos colaterais da crise ao longo do ano”, ressaltou o senador, que foi o relator-geral do Orçamento da União de 2009.

De acordo com Delcídio, a aprovação do Orçamento e sua sanção dentro dos prazos constitucionais foram conseguidas graças ao trabalho duro dos membros da Comissão Mista de Orçamento e dos consultores da Câmara e do Senado.

“Nós varamos madrugadas, debruçados sobre montanhas de papéis, analisando propostas, fazendo projeções e vendo como era possível adequar receita e despesa diante do quadro preocupante gerado pela crise financeira internacional. Preservamos os programas sociais, o salário mínimo, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e fomos muito criteriosos na hora de decidir os cortes para não prejudicar os serviços essenciais, prestados à população mais carente”, observou. A publicação do Orçamento será feita na edição desta quarta-feira, 31, do Diário Oficial da União.

Benefícios para MS

Delcídio disse que o Orçamento de 2009 vai proporcionar investimentos recordes na história de Mato Grosso do Sul.

“Estão garantidos R$ 110 milhões em emendas individuais dos deputados e senadores, mais R$ 487 milhões em emendas de bancada, o que perfaz um total de R$ 597 milhões. São investimentos importantes em rodovias como as BRs 267, 359, 163 e na 262, que inclusive vai ter o trecho entre Corumbá e a ponte sobre o Rio Paraguai lançado dia 15 de janeiro pelo presidente Lula, além dos R$ 11 milhões já empenhados para a construção do contorno rodoviário de Corumbá.Garantimos recursos também para asfaltar o primeiro trecho da ligação Bonito - Bodoquena, transformar a Estrada Parque do Pantanal em uma grande opção para o turismo, recuperar a rodovia que liga a BR 262 ao Forte Coimbra e realizar obras de infra-estrutura em todas as regiões do estado”, comemorou o senador.



Delcidio acentuou que o processo de elaboração do Orçamento de 2009 foi democrático e contou com a participação popular.

“Os membros da Comissão de Orçamento percorreram praticamente todos os estados, promovendo audiências públicas para ouvir de perto as sugestões da população, fato inédito na preparação do Orçamento da União”, lembrou.

O relator fez questão de destacar outro fato inusitado na história da elaboração do Orçamento.

“Nunca o Congresso fez cortes na receita como fizemos este ano. Deputados e senadores sempre aprovaram o Orçamento com previsão de receita além daquela que o Governo encaminhava. Desta vez o Congresso respondeu à altura num momento de crise, aprovando um Orçamento com previsão de crescimento menor da economia do país em relação ao que o governo sugeriu e com redução de receita. Isso é uma prova de que estamos sintonizados com a realidade”, avalia Delcídio.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)