Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/11/2010 07:28

Crise na Irlanda ameaça estabilidade econômica mundial

Renata Giraldi, Agência Brasil

Brasília – Reunidos nessa terça-feira (16) em Bruxelas, os representantes dos 16 países que compõem a zona do euro analisaram os riscos de crises econômicas atingindo a Irlanda e Portugal, em um primeiro momento, seguidos pela Itália e a Espanha. O Fundo Monetário Internacional (FMI) enviará uma equipe nos próximos dias para examinar especificamente o caso irlandês. A instabilidade na zona do euro afetou os mercados mundiais, que registraram perdas.

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou ontem o dia em baixa de 1,67%. O dólar comercial subiu 0,93%, a R$ 1,740 - maior valor desde setembro. A Bolsa de Nova York também teve queda: o Índice Dow Jones registrou baixa de 1,59%, enquanto a Nasdaq caiu 1,75%. As bolsas da Europa tiveram resultados ainda piores: Londres fechou em baixa de 2,38%, enquanto Paris teve queda de 2,63%.

As informações são da BBC Brasil e do FMI. Em comunicado expedido ontem, o Fundo Monetário Internacional informou que representantes do órgão participarão de conversas com integrantes da Comissão Europeia e do Banco Central Europeu no esforço de “determinar a melhor maneira para fornecer a ajuda necessária para combater riscos de mercado”.

Inicialmente, porém,o governo irlandês rejeitou a ajuda financeira. O primeiro-ministro da Irlanda, Brian Cowen, afirmou que seu governo não havia pedido ajuda financeira. Segundo ele, a economia irlandesa é sustentável pelo menos até o próximo ano. No entanto, especialistas afirmam que a instabilidade no mercado financeiro pode colocar o país sob pressão.

Em discurso realizado pouco antes do encontro, o presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, disse que a União Europeia enfrenta uma “crise de sobrevivência” devido aos déficits na zona do euro.

No começo do ano, a Grécia recorreu à ajuda internacional para conter a crise econômica que afetou o país. Observadores do Conselho Europeu analisam com atenção as situações em Portugal, na Itália e Espanha. Para eles, há ameaças de instabilidade nesses países.

Edição: Graça Adjuto

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)