Cassilândia, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

04/12/2011 18:03

Corinthians é campeão brasileiro 2011

Raoni David, FPF

Em jogo de muita tensão, expulsões e sem gols, o Corinthians empatou com o Palmeiras num emocionado estádio do Pacaembu e pôde, enfim, comemorar o título do Campeonato Brasileiro de 2011 depois de passar 26 rodadas na liderança da competição. Antes e depois do jogo o Pacaembu viveu momentos de emoção pelas homenagens ao ídolo corintiano Sócrates, que faleceu na madrugada de domingo em São Paulo.


Empolgado com as boas possibilidades de ser campeão, o time do Corinthians começou a partida indo pra cima do rival que usava as faltas para parar o jogo. No entanto, a primeira boa chance do jogo foi do Palmeiras aos 13 minutos quando Patrik partiu pela direita, bateu de esquerda e com desvio da defesa corintiana quase Júlio César foi enganado. A bola saiu em escanteio. Minutos depois o mesmo Patrik aproveitou lançamento de Marcos Assunção e de novo bateu para fora.


As boas investidas do Palmeiras indicava uma mudança no panorama da partida, já que o time alviverde passava a ter mais posse de bola, buscando o ataque e evitando que o Corinthians pudesse criar quaisquer chances durante bastante tempo. Enquanto isso, aos poucos o Palmeiras chegava e Valdivia cabeceou livre após cruzamento de Marcos Asssunção, mas para fora.


O Palmeiras seguia melhor e quando o Corinthians atacou, sequer exigiu que o goleiro Deola trabalhasse, pois a defesa palmeirense afastou o perigo pelo alto. Enquanto isso o Palmeiras assustava sempre, ora com Luan, ora com Patrik à base de muito esforço de Ricardo Bueno e o bom futebol de Vaidivia e Marcos Assunção que quase marcou olímpico em cobrança de escanteio aos 40 minutos. Na sequência foi a vez de Cicinho bater com perigo, a bola desviou em Leandro Castan assustando a torcida corintiana que lotara o estádio do Pacaembu.


Os últimos lances de perigo do jogo, porém, foram do Corinthians quando Alex cobrou falta para fora do gol, decepcionando o torcedor e quando William tabelou com Alessandro pela ponta direita, invadiu a área e caiu. A torcida pediu pênalti que não foi marcado e na sobra, Jorge Henrique bateu prensado para fora.


Como terminaram o primeiro tempo, ambas as equipes voltaram para o jogo, com a diferença de que, enfim, um goleiro trabalhou. E foi Deola, quando William recebeu de Alessandro na direita e bateu fraco para a defesa tranqüila do palmeirense. Este primeiro lance era apenas aperitivo para o que viria na segunda etapa e logo depois, por entrada dura em Jorge Henrique, o chileno Valdivia foi expulso. O camisa dez palmeirense não tinha cartão amarelo.


Com um jogador a menos e o Corinthians mantendo-se perigosamente no campo de ataque, Felipão fez a primeira alteração do jogo com a entrada de João Vitor no lugar de Patrik ainda aos dez minutos, quando a torcida corintiana via o título se aproximar com o gol de empate do Flamengo do ex-corintiano Renato Abreu diante do Vasco da Gama no Rio de Janeiro. Autor do gol da vitória palmeirense no primeiro turno, Fernandão também foi para o jogo no lugar de Ricardo Bueno.


De um primeiro tenso e receoso, a torcida do Corinthians passou a viver um clima de muita festa, vendo o quadro ficar cada vez mais favorável para a conquista do pentacampeonato. Mesmo assim as jogadas de perigo, de parte a parte, eram pequenas. Em uma delas, aos 19 minutos Liédson fez jogada de habilidade na ponta direita e cruzou bem. Mas Deola também trabalhou bem e afastou o perigo.


Aos 25 minutos, exatamente no momento em que a torcida corintiana iniciava comemorações do quinto título brasileiro com faixas comemorativas, Fernandão cabeceou com muito perigo bola que bateu na forquilha entre a trave e o travessão. Na sobra, Luan bateu para longe. Na sequência Maikon Leite entrou no time palmeirense e em seu primeiro lance sofreu falta dura de Wallace que foi expulso.


O empate garantia o título ao Corinthians, que ainda tinha o Vasco empatando com o Flamengo. Por isso, para remontar o esquema defensivo, Tite trocou o atacante William pelo zagueiro Chicão. A mudança foi suficiente para o melhor time de todo o campeonato brasileiro de 2011 segurar o resultado e comemorar a conquista.

A nota triste da partida ficou pelo desentendimento entre os jogadores de Corinthians e Palmeiras já no final do jogo que resultou em expulsões dos dois lados.


CORINTHIANS 0x0 PALMEIRAS


Corinthians: Júlio César; Alessandro, Paulo André, Leandro Castan e Fábio Santos; Wallace, Paulinho e Alex; Jorge Henrique (Moradei), William e Liédson (Edenílson).
Técnico: Tite.


Palmeiras: Deola; Cicinho (Maikon Leite), Leandro Amaro, Henrique e Gerley; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik (João Vitor) e Valdivia; Luan e Ricardo Bueno (Fernandão).
Técnico: Felipão.


Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP/FIFA);
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP/FIFA) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP/FIFA);
Quarto árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE/ASP.FIFA) e Guilherme Ceretta de Lima (SP);
Cartões amarelos: Alex, Jorge Henrique, Alessandro, Liédson e Chicão (COR); Leandro Amaro, Patrik e João Vitor;
Cartões vermelhos: Wallace (COR); Valdivia (PAL);
Público: 39.928 (36.708 pagantes);
Renda: R$ 1.326.367,00;
Data: 04 de dezembro, às 17h;
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 16 de Agosto de 2017
Terça, 15 de Agosto de 2017
17:30
Estudos
10:00
Receita do dia
Segunda, 14 de Agosto de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)