Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/12/2011 18:03

Corinthians é campeão brasileiro 2011

Raoni David, FPF

Em jogo de muita tensão, expulsões e sem gols, o Corinthians empatou com o Palmeiras num emocionado estádio do Pacaembu e pôde, enfim, comemorar o título do Campeonato Brasileiro de 2011 depois de passar 26 rodadas na liderança da competição. Antes e depois do jogo o Pacaembu viveu momentos de emoção pelas homenagens ao ídolo corintiano Sócrates, que faleceu na madrugada de domingo em São Paulo.


Empolgado com as boas possibilidades de ser campeão, o time do Corinthians começou a partida indo pra cima do rival que usava as faltas para parar o jogo. No entanto, a primeira boa chance do jogo foi do Palmeiras aos 13 minutos quando Patrik partiu pela direita, bateu de esquerda e com desvio da defesa corintiana quase Júlio César foi enganado. A bola saiu em escanteio. Minutos depois o mesmo Patrik aproveitou lançamento de Marcos Assunção e de novo bateu para fora.


As boas investidas do Palmeiras indicava uma mudança no panorama da partida, já que o time alviverde passava a ter mais posse de bola, buscando o ataque e evitando que o Corinthians pudesse criar quaisquer chances durante bastante tempo. Enquanto isso, aos poucos o Palmeiras chegava e Valdivia cabeceou livre após cruzamento de Marcos Asssunção, mas para fora.


O Palmeiras seguia melhor e quando o Corinthians atacou, sequer exigiu que o goleiro Deola trabalhasse, pois a defesa palmeirense afastou o perigo pelo alto. Enquanto isso o Palmeiras assustava sempre, ora com Luan, ora com Patrik à base de muito esforço de Ricardo Bueno e o bom futebol de Vaidivia e Marcos Assunção que quase marcou olímpico em cobrança de escanteio aos 40 minutos. Na sequência foi a vez de Cicinho bater com perigo, a bola desviou em Leandro Castan assustando a torcida corintiana que lotara o estádio do Pacaembu.


Os últimos lances de perigo do jogo, porém, foram do Corinthians quando Alex cobrou falta para fora do gol, decepcionando o torcedor e quando William tabelou com Alessandro pela ponta direita, invadiu a área e caiu. A torcida pediu pênalti que não foi marcado e na sobra, Jorge Henrique bateu prensado para fora.


Como terminaram o primeiro tempo, ambas as equipes voltaram para o jogo, com a diferença de que, enfim, um goleiro trabalhou. E foi Deola, quando William recebeu de Alessandro na direita e bateu fraco para a defesa tranqüila do palmeirense. Este primeiro lance era apenas aperitivo para o que viria na segunda etapa e logo depois, por entrada dura em Jorge Henrique, o chileno Valdivia foi expulso. O camisa dez palmeirense não tinha cartão amarelo.


Com um jogador a menos e o Corinthians mantendo-se perigosamente no campo de ataque, Felipão fez a primeira alteração do jogo com a entrada de João Vitor no lugar de Patrik ainda aos dez minutos, quando a torcida corintiana via o título se aproximar com o gol de empate do Flamengo do ex-corintiano Renato Abreu diante do Vasco da Gama no Rio de Janeiro. Autor do gol da vitória palmeirense no primeiro turno, Fernandão também foi para o jogo no lugar de Ricardo Bueno.


De um primeiro tenso e receoso, a torcida do Corinthians passou a viver um clima de muita festa, vendo o quadro ficar cada vez mais favorável para a conquista do pentacampeonato. Mesmo assim as jogadas de perigo, de parte a parte, eram pequenas. Em uma delas, aos 19 minutos Liédson fez jogada de habilidade na ponta direita e cruzou bem. Mas Deola também trabalhou bem e afastou o perigo.


Aos 25 minutos, exatamente no momento em que a torcida corintiana iniciava comemorações do quinto título brasileiro com faixas comemorativas, Fernandão cabeceou com muito perigo bola que bateu na forquilha entre a trave e o travessão. Na sobra, Luan bateu para longe. Na sequência Maikon Leite entrou no time palmeirense e em seu primeiro lance sofreu falta dura de Wallace que foi expulso.


O empate garantia o título ao Corinthians, que ainda tinha o Vasco empatando com o Flamengo. Por isso, para remontar o esquema defensivo, Tite trocou o atacante William pelo zagueiro Chicão. A mudança foi suficiente para o melhor time de todo o campeonato brasileiro de 2011 segurar o resultado e comemorar a conquista.

A nota triste da partida ficou pelo desentendimento entre os jogadores de Corinthians e Palmeiras já no final do jogo que resultou em expulsões dos dois lados.


CORINTHIANS 0x0 PALMEIRAS


Corinthians: Júlio César; Alessandro, Paulo André, Leandro Castan e Fábio Santos; Wallace, Paulinho e Alex; Jorge Henrique (Moradei), William e Liédson (Edenílson).
Técnico: Tite.


Palmeiras: Deola; Cicinho (Maikon Leite), Leandro Amaro, Henrique e Gerley; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik (João Vitor) e Valdivia; Luan e Ricardo Bueno (Fernandão).
Técnico: Felipão.


Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP/FIFA);
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP/FIFA) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP/FIFA);
Quarto árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE/ASP.FIFA) e Guilherme Ceretta de Lima (SP);
Cartões amarelos: Alex, Jorge Henrique, Alessandro, Liédson e Chicão (COR); Leandro Amaro, Patrik e João Vitor;
Cartões vermelhos: Wallace (COR); Valdivia (PAL);
Público: 39.928 (36.708 pagantes);
Renda: R$ 1.326.367,00;
Data: 04 de dezembro, às 17h;
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)